Gisnei

Gisnei

gordura é uma substância orgânica de origem animal ou vegetal, fundamental para o funcionamento do corpo. Apesar disso, para muitos, é a grande vilã contra a saúde e a perda de peso. São muitos os mitos sobre as gorduras, entretanto, se consumidas de forma correta, elas trazem diversos benefícios e podem, inclusive, ajudar a emagrecer.

O que é gordura

gordura é um nutriente essencial para o corpo, uma fonte de energia que tem diversas funções vitais, como manter a temperatura, proteger órgãos, transportar vitaminas, compor enzimas, hormônios e substâncias que auxiliam o sistema imunológico, além de ser um combustível para o coração.

Também contém vitaminas e ácidos graxos essenciais, que são responsáveis por manter as paredes das nossas células funcionando em boas condições. Portanto, na medida certa, ela é fundamental para o organismo humano, explica Fernando Chueire, médico nutrólogo, membro da Diretoria da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

Tipos de gordura

  • Gordura insaturada (monoinsaturada e poli-insaturada)
  • Gordura saturada
  • Gordura trans

Gordura insaturada

A gordura insaturada é aquela encontrada, principalmente, em vegetais. E pode ser dividida em dois tipos: monoinsaturada e poli-insaturada.

Gordura saturada

A gordura saturada é, em geral, proveniente de produtos de origem animal.

Gordura trans

Já a gordura trans é formada por um processo químico (hidrogenação) de óleos vegetais, que viram gorduras sólidas e são utilizadas para conservar alimentos, melhorar consistência e aumentar sua durabilidade.

Gorduras ruins

Dentre os tipos, as gorduras saturadas e a trans são consideradas gorduras ruins. Isso porque aumentam o nível de colesterol ruim (LDL) no sangue, triglicerídeos e reduzem o colesterol bom (HDL), levando a quadros de doenças cardiovasculares.

Além disso, também podem elevar o risco de diabetes tipo 2. Por isso, de acordo com a endocrinologista Carla Ferrari, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia a gordura trans precisa ser evitada ao máximo.

Alimentos com gordura ruim

Os alimentos ricos em gorduras saturadas são:

  • Coco (parte sólida)
  • Carne
  • Leite
  • Queijo
  • Manteiga
  • Óleo de dendê
  • Azeite de palma
  • Chocolate
  • Gordura do cacau
  • Embutidos, como presunto, salsicha e linguiça

Os alimentos ricos em gordura trans são:

Manteigas; Creme de leite; Bacon; Salgadinhos de pacote; Frituras; Bolos; Produtos panificados; Biscoitos recheados

Gorduras boas

Alimentos com gordura boa - Créditos: Craevschii Family/Shutterstock
Alimentos com gordura boa - Créditos: Craevschii Family/Shutterstock

Segundo Chueire, a gordura boa é a gordura insaturada, que está muito ligada com a saúde do coração. "Ajuda a diminuir os triglicerídeos e o colesterol e ainda contribui para elevar o colesterol bom. Também é ótima aliada na manutenção celular e no desenvolvimento cerebral", aponta o especialista. As poli-insaturadas, inclusive, são ricas em ômegas 3 e 6, auxiliando ainda na redução do risco de doenças inflamatórias e de alguns tipos de câncer, como o de próstata.

Alimentos com gordura boa

As gorduras insaturadas podem ser encontradas em:

  • Abacate
  • Peixes (salmão, sardinha, atum)
  • Nozes
  • Pistache
  • Amêndoas
  • Azeite de oliva
  • Óleo de Canola
  • Óleo de soja, canola, linhaçasoja, milho, algodão
  • Castanhas
  • Chia

Quantidade recomendada

De acordo com o nutrólogo Fernando Chueire, é indicado consumir de 25% a 30% de gordura do total de calorias do cardápio diário. Considerando que boa parte ela seja de origem vegetal, a menos prejudicial. Por exemplo, em uma dieta de 2 mil calorias, 600 calorias devem ser gordura.

Gordura trans: qual o limite?

A Sociedade Brasileira de Cardiologia indica que um adulto saudável que consuma 2 mil calorias diárias pode comer, no máximo, 22 gramas de gordura saturada por dia. Já para quem possui colesterol elevado, essa quantidade cai para 300 miligramas.

Vale lembrar que, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), alimentos que são considerado "zero de gordura trans" podem conter por volta de 0,2g ou menos por porção.

Reduzir gordura para emagrecer

Muitos acreditam que é preciso reduzir o consumo de gordura no corpo e na alimentação para emagrecer. Entretanto, ela não deve ser completamente abandonada da dieta. Mas o que faz diferença é a quantidade de calorias. O que precisa ser feito é ficar atento à quantidade de consumo e ao tipo de gordura ingerida.

"A insaturada, por exemplo, que é a gordura boa, ajuda a atingir a saciedade mais rapidamente. Em quantidade moderada, ela mantém os níveis de insulina baixos ao longo do dia, o que pode até promover a perda de peso", explica o nutrólogo.

Além disso, dietas com baixo teor de gordura podem causar deficiência de vitaminas, já que alguns tipos necessitam da gordura para ser absorvidos pelo corpo. Portanto, fique atento e sempre procure um profissional especializado.

Porque, como explica a endocrinologista Carla, cada tipo de dieta tem um perfil de perda de peso mais rápido ou mais lento, além de outras alterações metabólicas, que podem ser induzidas pelo tipo de nutriente consumido.

"E a perda de peso é diretamente proporcional ao tamanho da restrição calórica. As dietas consideradas pobres em carboidratos, por exemplo, apresentam compensação maior na ingestão de gorduras (principalmente saturadas), mas que levará a redução de peso", aponta.

Mas nesse caso, não é uma dieta indicada para longos períodos porque podem trazer complicações como deficiências vitamínicas, disfunções cognitivas, aumento do colesterol, osteoporose, dentre outras.

"Portanto, o ideal é que sejam prescritas para um paciente que necessite de rápida perda de peso, mas que não vá mantê-la por muito tempo e não tenha nenhuma contraindicação", finaliza.

Como perder gordura

Dieta para perder barriga: veja cardápio para emagrecer

7 exercícios que ajudam a perder a gordura localizada

Como perder barriga rápido: veja dietas e exercícios

Referências

Fernando Chueire, médico nutrólogo e membro da Diretoria da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN)

Escrito por Patricia Beloni
Redação Minha Vida

Depois de uma longa semana de muito trabalho técnico, físico e tático, o grupo colorado encerrou a preparação para enfrentar o Corinthians em São Paulo. O treinador Zé Ricardo teve pela primeira vez um período maior de treinamentos para ajustar a equipe para os compromissos do Campeonato Brasileiro. O duelo com o clube paulista está marcado para este domingo (17/11), às 18h, na Arena adversária, pela 33ª rodada. As redes sociais do Inter e a Rádio Colorada no FM 95.5 acompanham em tempo real a partida. 

O último treinamento da equipe antes de viajar à capital paulista foi realizada na manhã deste sábado (16/11), no CT Parque Gigante. Zé Ricardo encerrou a preparação com um trabalho recreativo no gramado. Depois de dois dias de atividades com portões fechados no estádio Beira-Rio, o comandante não indicou publicamente o time que colocará em campo neste fim de semana. O atacante Paolo Guerrero, que estava servindo a seleção peruana, se juntará à delegação em São Paulo e pode ficar à disposição da comissão técnica. 

Inter e Corinthians disputam um dos grandes clássicos do futebol brasileiro das últimas décadas. E dessa vez com um ingrediente a mais, a briga direta na tabela do Brasileirão. Os dois clubes têm a mesma pontuação na classificação e concorrem a uma vaga na próxima Libertadores da América. Com 49 pontos somados, uma vitória pode deixar o Colorado entre os cinco primeiros. Vamos juntos em busca dos três pontos!

 

Na próxima segunda-feira (18), Angola iniciará a implantação de uma rede de bancos de leite para apoio às mães com filhos em idade de amamentação. O país na costa ocidental da África é o 22º a tomar essa iniciativa com apoio e cooperação do Brasil, que iniciou a implementação de bancos de leite em meados da década de 1980 e pôs em funcionamento a sua própria rede nacional em 1998.

Na África, o projeto está também em funcionamento em Cabo Verde e Moçambique. Está presente ainda em 17 países latino-americanos e em dois países europeus – Portugal e Espanha. A expertise brasileira na cooperação internacional chamou atenção dos parceiros do Brics - acrônimo formado com as letras inicias de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (South Africa).

Com a presidência brasileira pro tempore (temporária) do Brics, abriu-se a expectativa de que, no próximo ano, o Brasil inicie a colaboração com seus quatro parceiros no grupo de países de economia emergente.

A cooperação é técnica e não envolve repasse de recursos. O apoio vai desde a elaboração de projetos, assessoria na escolha de hospitais participantes das redes locais, especificação de equipamentos e treinamento de pessoal como processamento de leite humano, práticas de aleitamento e gestão de banco de leite.

Conforme explicou à Agência Brasil Joao Aprigio Guerra de Almeida, pesquisador da Fiocruz e coordenador da Rede Global de Bancos de Leite Humano, constituída a pedido da Organização Mundial da Saúde (OMS), a assessoria brasileira não impõe roteiro de criação de banco de leites em outros países.

“É um produto SUS-Brasil de exportação. Não transferimos modelos, mas sim princípios e apoiamos na adaptação às suas realidades. A cooperação brasileira se pauta por valores importantes como a horizontalidade, o compartilhamento, a não intervenção e o respeito à independência dos países”, assinalou Almeida.

A demanda de cooperação com os demais membros do Brics foi formalizada em uma reunião técnica ocorrida em agosto em Brasília, e ratificada em encontro dos ministros de Saúde dos cinco países, realizado em outubro em Curitiba.

Campanha Nacional

Profissionais de saúde orientam sobre amamentação na Semana Mundial de Aleitamento Materno, no Palácio do Catete.
A amamentação previne a fome e a desnutrição e garante segurança alimentar a lactentes - ArquivoAgência Brasil

De acordo com a Campanha Nacional Aleitamento Materno 2019, do Ministério da Saúde, a amamentação “previne a fome e a desnutrição em todas as suas formas e garante a segurança alimentar dos lactentes, mesmo em tempos de crise e catástrofe”, e “está associada a um melhor desempenho em testes de inteligência, renda mais alta e maior produtividade na vida adulta”.

Há benefícios da amamentação na prevenção de doenças como diabetes 1 e 2 nas crianças e câncer de mama nas mães. Tudo isso “diminui os custos com tratamentos nos sistemas de saúde”, informa a campanha.

A disseminação das vantagens do aleitamento materno e a criação de bancos de leite são causas abraçadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que 2020 completa 120 anos de funcionamento e tem sua matriz no Rio de Janeiro.

“O banco de leite é casa de apoio à amamentação, não é leiteria humana. Os nossos bancos de leite se voltam para obter leite para nossos prematuros. Essas crianças vão para casa, e suas mães precisam de apoio para eles serem amamentados”, afirmou Aprigio.

Segundo o pesquisador, a amamentação é biologicamente determinada, porém, é socioculturalmente condicionada. "Aquilo que deveria ser regido pelas leis da biologia, de algum tempo para cá, tempo que coincide com a indústria de leite, as leis da biologia passaram a ser substituídas pelas leis de mercado.”

Edição: Nádia Franco
 
Por Gilberto Costa - Repórter da Agência Brasil

O plantel gremista treinou na manhã do feriado desta sexta-feira, no CT Luiz Carvalho. O técnico Renato Portaluppi prepara a equipe para o duelo diante do Flamengo, no próximo domingo, às 16h, na Arena, válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

A primeira parte da movimentação foi com os portões fechados. Quando o acesso à imprensa foi liberado, por volta das 10h20, os atletas participavam de um trabalho técnico em campo reduzido. Renato separou o grupo em três times que se enfrentavam alternadamente. Na sequência, um trabalho de aproximação ao gol adversário com a chegada dos laterais à linha de fundo e cruzamento para conclusão dos atacantes. Na parte final, um treino de conclusões a gol.  

Não houve indicativo de qual time será colocado em campo. O certo é que Kannemann e Matheus Henrique, convocados, serão desfalques. A tendência é que Renato opte por David Braz e Darlan, respectivamente.  

Maicon e Geromel saíram antes do treino, mas não são problemas para enfrentar o Flamengo. Alisson, que no treino de ontem havia sentido o tornozelo, treinou normalmente. Rômulo, que não pode jogar contra o rubro-negro por questão contratual, trabalhou apenas na academia. Michel e Vizeu, retornando de lesão, também treinaram.    

Após o trabalho desta manhã, o técnico Renato concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do CT. Ele projetou a partida deste domingo. 

Acompanhe abaixo. 

Na manhã deste sábado, o Tricolor realiza o último treinamento antes do confronto de domingo. A primeira parte será com os portões fechados. 

Fotos: Lucas Uebel 

Titulares de linha telefônica pré-paga em 17 estados têm até a próxima segunda-feira (18) para recadastrar e atualizar seus dados, sob risco de ficarem com o serviço bloqueado. A medida faz parte do projeto da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a criação do cadastro nacional de usuários dos serviços de telefonia celular pré-paga.

A exigência vale para os moradores dos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Sergipe e São Paulo. Os demais estados e o Distrito Federal já concluíram essa etapa de recadastramento.

Esta é última fase da campanha de comunicação aos consumidores com cadastros desatualizados, realizada pelas prestadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo, dentro do Projeto Cadastro Pré-Pago. 

Segundo a agência reguladora, o objetivo da iniciativa é assegurar uma base cadastral correta e atualizada, para evitar a ocorrência de fraudes de subscrição (linhas associadas indevidamente a CPFs) e, dessa forma, ampliar a segurança dos consumidores.

Recadastramento

Os usuários de pacotes pré-pagos serão acionados pelas operadoras por canais como mensagem de texto, ligações ou pop ups em sites. O procedimento é aplicado apenas aos usuários com pendências cadastrais. As operadoras também disponibilizaram canais de atendimento para fornecer mais informações sobre o recadastramento, como páginas específicas nos sites e números.

Pessoas que tiverem a linha pré-paga bloqueada poderão atualizar os dados cadastrais junto à sua prestadora por meio dos canais de atendimento disponíveis, como call center e espaço reservado ao consumidor na internet. Nesse contato, devem ser informados o nome completo e o endereço com o número do CEP. No caso de pessoa física, é necessário informar o número do CPF e, para pessoa jurídica, o CNPJ. Também poderão ser solicitadas informações adicionais de validação do cadastro.

Para evitar fraudes, os usuários podem confirmar se o SMS de solicitação de recadastramento recebido foi, de fato, encaminhado pela prestadora contratada.


Confira os números utilizados pelas prestadoras para envio das mensagens:

Cadastro pré-pago
Cadastro pré-pago - Anatel

 

Em caso de dúvidas, os titulares de linhas pré-pagas podem entrar em contato com as operadoras pelos seguintes canais:

Operadora  Endereço eletrônico Central de atendimento
Claro  https://www.claro.com.br/institucional/regulatorio/cadastro-pre  1052
Tim https://www.tim.com.br/sp/para-voce/projeto-cadastro-pre  1056
Vivo https://www.vivo.com.br/para-voce/ajuda/duvidas/celular/vivo-pre/recadastro-pre-pago   1058
Oi  https://www.oi.com.br/celular/pre-pago/atualizar-cadastro  1057
Algar https://www.algartelecom.com.br/para-voce/atendimento/comunicados?comunicadosCelular-0  1055
Sercomtel https://www.sercomtel.com.br/cadastro-pre-pago/  1051

  Fonte: Anatel

Edição: Lílian Beraldo
 
Por Heloisa Cristaldo - Repórter da Agência Brasil
 
 
Foto: MARCELLO CASAL JR

Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, doença que é a segunda principal causa de morte por câncer de pessoas do sexo masculino no país – cerca de 14 mil óbitos por ano. Os dados, do Instituto Nacional de Câncer (Inca), servem de alerta para que os homens não deixem a saúde de lado. Apesar do alto índice da doença, o levantamento mostra que metade dos brasileiros nunca foram a um urologista.

“Infelizmente ainda há muito bloqueio por parte do público masculino em relação ao exame do toque retal. Felizmente, isso tem melhorado um pouco ao longo dos anos. Associado a esse tabu, de ser um exame um pouco mais evasivo, de mexer com a parte da sexualidade masculina, o homem acaba ficando com um pouco mais de receio de ir ao médico”, ressalta Felipe Costa, médico urologista do Hospital do Homem, na capital paulista.

Próstata
Próstata aumentada - Divulgação/Sociedade Brasileira de Urologia

O câncer de próstata, assim como a pressão alta e o diabetes, é silencioso. De acordo com o médico, a única forma segura de se precaver em relação à doença é a consulta clínica. Homens a partir dos 50 anos devem realizar o exame anualmente.

“Há grupos com fator de risco maior para o câncer de próstata: são os negros e aqueles indivíduos que têm história na família com câncer de próstata abaixo dos 60 anos. Para essas pessoas, a partir dos 40 ou 45 anos, eles já devem ter um acompanhamento direcionado para diagnosticar a doença”, ressalta o médico.

Doença lenta

O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce lentamente, não causa sintomas e, no início, pode ser tratado com bastante eficácia. Em outros casos, no entanto, pode crescer rapidamente, espalhar-se para outros órgãos e causar a morte.

“O exame é extremamente rápido, é feito com anestésico local, de uma forma que provoque menos incômodo para a pessoa. Ainda hoje é uma das formas mais seguras e eficientes que a gente tem para poder diagnosticar o câncer de próstata na forma mais inicial”, destaca o médico.

Além do exame preventivo, os médicos recomendam que sejam evitados outros fatores, já conhecidos facilitadores da doença, como alimentação pobre em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais; sedentarismo, consumo de álcool e tabaco.

Segundo o Ministério da Saúde, estimativas apontam que ocorreram 68.220 novos casos da doença em 2018. Esse número corresponde a um risco estimado de 66,12 casos novos a cada 100 mil homens.

A próstata é uma glândula presente apenas nos homens, localizada na frente do reto, abaixo da bexiga, envolvendo a parte superior da uretra (canal por onde passa a urina). A próstata não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo. Sua função é produzir um líquido que compõe parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides. Em homens jovens, a próstata possui o tamanho de uma ameixa, mas seu tamanho aumenta com o avançar da idade.

Edição: Wellton Máximo
 
Por Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil 
 
 
Tânia Rêgo/Agência Brasil

O prefeito Ico Charopen assinou na quinta-feira (14), a ordem de início da obra de construção do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Armour. A construção representa uma importante economia para o Município, que atualmente aluga o prédio onde funciona o Centro.

Além do Prefeito e do representante da empresa responsável pela obra, a assinatura do contrato contou com a presença dos secretários de Assistência e Inclusão Social, Lauro Binsfeld; de Planejamento, Ricardo Dutra e de Obras, Airton Flores, além das servidoras da Secretaria Geral de Governo, Nara Har e Zenir Rodrigues e do secretário da Pasta, Enrique Civeira. Em visita de cortesia ao Gabinete do Prefeito, o Deputado Federal Pompeo de Mattos, também acompanhou o ato.

Orçada em R$ 433.845,87, a obra será realizada pela empresa L.O. Gonçalves Comércio e Construções Eireli, de São Sepé, e deve iniciar ainda neste mês.

Foto: Assessoria de Comunicação Social || Fonte: Assessoria de Comunicação Social

O Brasil fechou acordo com a China que viabiliza a exportação de melão para o país asiático. Em contrapartida, os chineses poderão vender pera para o mercado brasileiro. Os atos foram firmados após reunião bilateral dos presidentes Jair Bolsonaro e Xi Jinping, dentro da XI Cúpula do Brics, que teve início nesta quarta-feira (13) em Brasília. A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) participou do encontro. 

O acordo para exportação de melão é simbólico, pois se trata da primeira fruta brasileira a ser vendida para os chineses. Além da diversificação da pauta exportadora para a China (a maioria das vendas é de soja e carne), o protocolo tem potencial de alavancar a fruticultura brasileira, principalmente da Região Nordeste, que hoje direciona as exportações para a Europa.

"Os acordos assinados e os protocolos de intenção serão potencializados por nós para o bem dos nossos povos. A China cada vez mais faz parte do futuro do Brasil", disse o presidente Jair Bolsonaro após a cerimônia de atos.

A medida foi negociada durante recente visita do presidente Bolsonaro e da ministra Tereza Cristina à China. A ministra disse que as negociações com os chineses vão além dos acordos assinados hoje. Segundo ela, os dois países estão acertando o certificado sanitário para o exportação de farelo de algodão brasileiro, além da ampliação das exportações de café brasileiro.

 

 

"Temos um plano de trabalho conjunto entre as agriculturas brasileira e chinesa. Já temos vários entendimento em andamento das nossas visitas, mas a parceria com a China fica mais robusta com a reunião de hoje", afirmou a ministra.

Foi firmado também plano de ação para colaboração agrícola, que prevê transferência de tecnologia, inovação, atração de investimentos e promoção comercial entre os dois países. 

Brics
Presidida pelo presidente Jair Bolsonaro, a XI Cúpula do Brics é realizada em Brasília nesta quarta e quinta-feiras (14). Estão presentes o presidente Vladimir Putin (Rússia), o primeiro-ministro Narendra Modi (Índia), o presidente Xi Jinping (China) e o presidente Cyril Ramaphosa, da África do Sul.

"O Brasil exerce, este ano, a presidência de turno do Brics, sob o lema &39;Crescimento Econômico para um Futuro Inovador&39;. As áreas prioritárias de trabalho são: ciência, tecnologia e inovação; economia digital; aproximação entre o Conselho Empresarial do Brics e o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB); saúde e combate à corrupção e ao terrorismo", informa o Ministério das Relações Exteriores. 

Na cúpula, os mandatários irão discutir formas de intensificar a cooperação intra-Brics. Ao final, uma declaração tratará de temas da agenda internacional e da cooperação no âmbito do agrupamento.

Serão realizadas, durante os dois dias, reuniões bilaterais entre o presidente Jair Bolsonaro e os mandatários dos demais países-membros. Nesta quarta-feira, há sessão de encerramento do Fórum Empresarial do Brics, que reunirá cerca de 500 empresários dos cinco países.

A ministra Tereza Cristina integra a delegação do Brasil e participará das sessões plenárias, encontros bilaterais e fórum empresarial.

Carta de Bonito
Em setembro, a ministra liderou a 9º Reunião dos Ministros da Agricultura do Brics, realizada em Bonito (MS). Na ocasião, os representantes dos cinco países assinaram a Carta de Bonito, com 27 itens que reiteram o comprometimento com a cooperação na área agrícola. Os ministros afirmaram o potencial para aprimorar a colaboração nas áreas de produção de alimentos, segurança alimentar e segurança ambiental. 

Segundo o documento, os países do Brics estão prontos para fortalecer os mecanismos e aprimorar a comunicação em importantes temas internacionais, como o incentivo a novas soluções para o aumento da produção de alimentos, o empreendedorismo em startups de agrotecnologia, o aumento do comércio internacional, a segurança alimentar em países em desenvolvimento e o cumprimento da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Por: MAPA

Fonte: https://www.agrolink.com.br/

Na manhã desta quarta-feira, 13, a Secretaria Municipal de Turismo concedeu uma coletiva de imprensa sobre a Expo-Livramento. 

A secretária de turismo Silvana Harden; o prefeito municipal, Solimar Ico Charopen; e o coordenador da CMT, Sérgio Munhoz; apresentaram aos meios de comunicação a programação do evento, que acontece de 14 a 17 deste mês, na Associação e Sindicato Rural.

Segundo a secretária Silvana Harden, o objetivo do evento é fomentar o turismo na cidade, sendo a Expo-Livramento mais uma atração que está se consolidando no calendário de eventos do município.

A 2ª edição da Expo-Livramento contará com provas campeiras, feira de artesanato, shows e bailes tradicionalistas. Na quinta-feira (14), acontece o jantar de lançamento do evento, com cardápio a base de carne de cordeiro e cuja renda será revertida aos asilos da cidade.

A abertura oficial da Expo-Livramento acontece na sexta-feira (15), às 18h.

Foto: Assessoria de Comunicação Social || Fonte: Assessoria de Comunicação Social

O Brasil encerrou a participação nesta quarta-feira (13) no Mundial de Atletismo Paralímpico, em Dubai (Emirados Árabes Unidos) com oito medalhas, três delas de ouro. No começo desta tarde o carioca João Victor Teixeira faturou a última medalha dourada do dia na prova de arremesso de peso classe F37 (sequelas em decorrência de paralisia cerebral). O arremesso do brasileiro atingiu a marca de 52m76cm. A prata ficou como o paquistanês Haider Ali (51m43cm) e o bronze com o australiano Gui Henly (51m43cm).

A segunda prata do dia veio na prova dos 200m T37 (sequelas em decorrência de paralisia cerebral) para homens, com Vitor Antônio de Jesus, que completou o percurso em 22s77. O vencedor foi o russo Andrei Vdovin  (22s60) e o bronze ficou com outro russo: Chermen Kobesov (22s88).  A primeira medalha prateada para o país saiu pela manhã, na prova de pista dos 200m T11 (deficiências visuais) com a potiguar Thalita Vitoria Simplício da Silva.

Campeonato Mundial de Atletismo em Dubai, Emirados Árabes - 200m T37 - Vitor de Jesus.(Crédito: Daniel Zappe/Exemplus/CPB)
Vitor Antônio de Jesus garante prata nos 200 metros, classe T37 - Daniel Zappe/EXEMPLUS/CPB

Resumo do dia

Ainda era madrugada quando o paulista Alessandro Rodrigo,campeão paralímpico quebrou o recorde mundial na prova de lançamento de disco classe F11 (deficiências visuais) ao alcançar a distância de 46m10cm. Além do ouro, o brasileiro se sagrou bicampeão na modalidade. A prata ficou com o italiano Oney Tapia (42m50cm) e o bronze com o iraniano Mahdi Olad (41m18cm).

Depois vieram duas dobradinhas verde-amarelas. Na disputa masculina dos 100m T11 (deficiências visuais) o veterano Lucas Prado conquistou o ouro ao completar o trajeto em 10s95; e o carioca Felipe Gomes (11s04) levou a medalha de bronze.  A prata ficou com o francês Timothée Adolphe (11s03).  Na prova de pista para mulheres nos 200m T11, a potiguar Thalita Simplício ficou com a prata, ao completar a prova três centésimos depois da vencedora, a chinesa Cuiqing Liu (24s89). O bronze ficou com a paranaense Lorena Salvatini Spoladore (25s62).

No final da manhã a baiana Táscitha Oliveira Cruz assegurou o bronze na prova dos 100m T36 (sequelas em decorrência de paralisia cerebral) com o tempo de 14s38. O ouro ficou com a chinesa Yiting Shi (13s62) e a prata com a argentina Yanina Andrea Martinez (14s02).

O Brasil é vice-líder na classificação geral com 33 medalhas (12 ouros, oito pratas, 13 bronzes), atrás apenas da China que soma 51 (23 ouros,19 pratas e nove bronzes). Na terceira posição está a Ucrânia com 19 medalhas (nove ouros, cinco pratas e cinco bronzes). A competição prossegue até sexta-feira (15). 

Edição: Guilherme Neto
Por Claudia Soares Rodrigues - Jornalista da TV Brasil
 
Foto: ALE CABRAL/CPB
Página 8 de 384
Topo