Gisnei

Gisnei

É possível nos sentir mais felizes e menos estressados quando comemos um pedacinho de chocolate, certo? Isso ocorre, pois o cacau, sua matéria-prima, produz no organismo um neurotransmissor chamado serotonina, responsável por uma sensação de bem-estar. O fruto tem ação antioxidante e anti-inflamatória. O chocolate, porém, é um alimento muito gorduroso e rico em açúcar, o que não é ideal para a saúde. E então como podemos usufruir dos benefícios do cacau sem preocupações? 
cacauempo 
Consumir o cacau em pó e sem açúcar é o jeito mais adequado e saudável de favorecer o organismo. O alimento é rico em vitaminas C e E, e contém muitas fibras e minerais como ferro, potássio e sódio. Os fitoquímicos e flavonoides antioxidantes deste mantimento combatem os radicais livres e garantem maior saúde cardiovascular, além de prevenir o envelhecimento precoce e regular a flora intestinal. 
Pessoas em dieta também podem enxergar o cacau em pó como parceiro. O alimento é rico em polifenóis, uma substância ligada à queima de gordura. Outra vantagem é a presença de fósforo, magnésio e cálcio, que colaboram para a formação de tecidos, ossos e nervos. 
Por melhorar o fluxo sanguíneo cerebral, o cacau em pó contribui para o bom funcionamento do sistema cognitivo. Ele também auxilia pessoas diabéticas, pois aumenta a ação da insulina no corpo humano. A presença da catequina no alimento é importante, pois esse fitonutriente ajuda a controlar a pressão arterial. 
Para o consumo, o cacau em pó combina muito com frutas e iogurtes. Algumas pessoas gostam até de fazer bolos e cookies utilizando o ingrediente. Porém, é necessário evitar misturá-lo com bicarbonato de sódio, pois isso reduz os componentes ativos do fruto. Já o leite não deve ser aliado ao alimento, pois diminui a absorção dos flavonoides. 
O fruto em pó pode ser encontrado para compra tanto em supermercados como em lojas de produtos naturais. Para que a experiência seja a mais saudável possível, é bom que o consumidor prefira o cacau em pó livre de açúcar e gorduras.  
Mesmo sendo bom para a saúde, é sempre adequado consultar um médico nutrólogo para saber a quantidade certa do alimento recomendada para um dia. O cacau em pó possui cafeína, que pode causar insônia e até problemas gástricos. Além disso, a presença de oxalato pode contribuir para o surgimento de cálculo renal. 
Dr. Durval Ribas/NUTROLOGIA - CRM 40093/SP
Fonte: www.minhavida.com.br

O Viva Bem desta semana aborda como o emocional interfere na nossa saúde e dá dicas para envelhecer com saúde. O programa vai ao ar neste sábado (5/3), às 12h. Para a conversa, o apresentador José Irineu Golbspan recebe a bióloga e PHD em geriatria e gerontologia biomédica, Clarice Luz.

Viva Bem Clarice Luz.Still001

O programa também pode ser conferido na terça (8/3), às 8h15 e às 19h30.

O Galpão Nativo deste domingo (6/3), às 8h, é uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher. As atrações musicais são Tatiéli Bueno e Liane Tavares, além de entrevista com a escritora Letícia Wierzchowski, autora do livro A Casa das Sete Mulheres, e a participação da trovadora Tete Carvalho.
galpaomulher 
Tatiéli Bueno iniciou sua carreira profissional em 2003, sendo sua principal influência musical a música regional gaúcha. Participa desde 2007 dos maiores rodeios nacionais e internacionais do estado, destacando-se em mais de 30 deles como campeã na modalidade intérprete solista vocal.
Natural de Quaraí, Liane Tavares começou sua carreira artística musical aos 8 anos. Ao longo da infância participou de festivais tradicionalistas, consagrando-se como artista de grande potencial. Recentemente gravou seu primeiro CD, “Alma Fronteiriça”, em carreira solo.
O programa também pode ser conferido no sábado (12/3), às 8h.
Mais de 12 milhões de pessoas no Brasil acessam ferramentas de educação pela internet. São exercícios, simulados, videoaulas, dicas e jogos, muitas vezes gratuitos, que podem contribuir com o aprendizado. Os dados são do aprenda.online, plataforma criada pela Fundação Lemann, que reúne sites voltados para educação.
estudointernet 
Estão na lista tanto sites voltados para a alfabetização, como aqueles voltados para preparar estudantes para o vestibular, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e especializações. “O ponto principal dessas ferramentas online é que muitas delas são totalmente gratuitas e qualquer estudante pode acessar a qualquer momento, passar por todo o conteúdo sem gastar nada e com muita facilidade. Basta acessar o computador, a internet e começar a estudar”, diz o gerente de projetos da Fundação Lemann, Guilherme Antunes.
O portal reúne links para sites como a Khan Academy, o maior site de matemática do mundo; YouTube Edu, que reúne as menores videoaulas selecionadas pelo YouTube; e o Coursera, plataforma aberta que oferece gratuitamente cursos das mais renomadas universidades do mundo. “A tecnologia ajuda a diminuir um pouco a lacuna grande entre acesso e oportunidades que alunos lá fora têm, principalmente nos Estados Unidos e Europa”, defende Antunes.
As aulas podem ser acessadas pelos estudantes, individualmente, ou podem ser usadas em sala de aula, com a assistência do professor. “Ao invés do aluno ter uma aula tradicional, com lousa e giz, a aula é com os alunos no computador. Muitos professores gostam desse papel de ajudar o aluno a estudar sozinho por meio da plataforma, dessa junção do tradicional da sala de aula com a tecnologia”, diz o gerente de projetos.
A escola municipal Professora Maria Aparecida de Faria, em Moji das Cruzes (SP), é uma das que usa a Khan Academy no ensino da matemática. Os alunos do 4º ano acessam o portal no laboratório de informática. “É um recurso a mais que o professor tem nas aulas. Ele acompanha, nos relatório que o site fornece, os avanços dos estudantes. O programa trabalha com habilidades, na sala de informática, o professor identifica habilidades que foram alcançadas e aqueles que precisam de um trabalho maior”, explica a diretora da escola, Aliane Pontes Rodrigues.
Acesso
Para acessar as ferramentas é necessário acesso à internet. Aliane conta que, em Moji das Cruzes, outras escolas também utilizam as plataformas online no ensino. “Muitos estudantes acessam os conteúdos nas próprias casas, para complementar o aprendizado, mas isso em comunidades que têm acesso à internet. No município, tem escolas que participam do projeto, mas estão em bairros em que o único acesso à internet é na própria escola”, diz.
Programas do governo tem levado o acesso à internet para escolas da rede pública. É o caso do Programa Banda Larga nas Escolas (PBLE) – uma iniciativa do governo federal com empresas de telefonia para conectar as escolas com banda larga. Apesar disso, no Brasil, 32.434 escolas públicas ainda não contam com qualquer tipo de conexão à internet, segundo levantamento feito pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS), divulgado no final do ano passado. O número corresponde a 22% do total de escolas públicas. A maioria das escolas sem acesso à internet está no campo, onde apenas 13% estão conectadas à rede.
Edição: Denise Griesinger
Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil
Até pouco tempo atrás, a definição de gênero restringia-se a questões biológicas do homem ou da mulher. Nos últimos tempos, no entanto, é preciso ir além. A identidade de gênero também diz respeito à imagem física, de como a pessoa é tratada e de como ela se sente.
frenteafrenteurologista
O Frente a Frente desta terça (8), às 22h, na TVE, analisa esse assunto e as cirurgias de transgenitalização, isto é, de mudança de sexo, com o urologista Walter Koff, pioneiro no Brasil nesse tipo de procedimento. Participam do programa, como entrevistadores convidados, os jornalistas Gabriel Galli, co-fundador do Grupo Frida de Gênero e Diversidade; e Marta Kroth, repórter da TVE. O programa também pode ser conferido neste domingo (13), às 23h.
Texto: Clarisse Passos/TVE
Edição: Cristina Lac/Secom 
Crianças também podem e devem realizar tratamentos com aparelhos ortodônticos. Atualmente, com os recursos disponíveis na Ortopedia Funcional de Maxilares, é possível fazer uso de aparelhos removíveis que se apoiam no céu da boca e gengiva e podem ser utilizados em crianças com dentes de leite ou em fase de trocas dentárias.
aparelhocrianca 20066 250 375 
Eles podem ser lúdicos, coloridos e com os personagens que as crianças gostam para motivação do tratamento. Diferentemente dos aparelhos ortodônticos fixos, com os bráquetes, que só podem ser colados em dentes permanentes, os aparelhos ortopédicos funcionais não precisam aguardar que os dentes permanentes estejam erupcionados. Portanto, tão logo a criança tenha maturidade para o uso de um aparelho removível, o tratamento poderá ser iniciado, que pode já ocorrer por volta dos cinco anos de idade
Outra técnica utilizada na Ortopedia Funcional dos Maxilares, é a confecção de Pistas Diretas Planas, que consiste no acréscimo de resinas compostas que ficam aderidas sobre os dentes de leite modificando seus formatos para que ocorra o correto contato entre os dentes superiores com os inferiores. As Pistas Diretas podem ser feitas mais precocemente ainda, por volta dos dois ou três anos de idade, dependendo das alterações encontradas na oclusão, pois é uma técnica de simples execução e não depende da colaboração da criança quanto os uso e cuidados com um aparelho.
Quando visitar o ortodontista?
Os pais devem buscar uma avaliação de um especialista o mais precoce possível, para que este indique o tratamento, caso necessário. É importante que o paciente seja tratado de forma multidisciplinar, devendo muitas vezes ser encaminhados também para outros profissionais como médico otorrino, fonoaudiólogos ou fisioterapeutas.
Normalmente, os pais só buscam algum tratamento quando observam alguma alteração em posição de dentes, falta de espaço para os dentes ou quando eles erupcionam fora de lugar, sendo muitas vezes uma questão estética. No entanto, na maioria das vezes, o problema nessa fase já está instalado e pode ser mais difícil de ser revertido.
Em muitos casos, "dentes tortos" estão longe de ser o principal indício da necessidade do tratamento ortodôntico ou ortopédico, e somente um profissional consegue identificar o problema. Por isso toda a oclusão deve ser considera, ou seja, a relação da arcada superior com a inferior, encaixe dos dentes e formato de toda a arcada. Outros fatores, como perfil facial, padrão de crescimento facial, as estruturas das articulações têmporo-mandibulares, os movimentos da mandíbula, padrão de deglutição, musculatura da face, lábios e língua também devem ser avaliados.
Importância da avaliação precoce
A avaliação precoce também é importante para detectar a existência de alguns fatores que podem influenciar e causar alterações no crescimento e no desenvolvimento das estruturas da face. Portanto, serão observadas além da fala, respiração e deglutição, a existência de hábitos deletérios como sucção de dedos e o uso de chupetas e mamadeiras, onicofagia (roer unhas), morder objetos etc.
Por esses fatores, deve-se levar em conta o ponto de vista funcional e não somente o estético, pois o tratamento deve proporcionar o equilíbrio no desenvolvimento das estruturas orais responsáveis pela mastigação, fala e respiração. Assim, a criança estará apta a mastigar bem, se beneficiando de alimentos saudáveis, falar corretamente, tendo um bom rendimento escolar e respirar bem, diminuindo riscos de doenças respiratórias e com uma boa qualidade de sono. Dessa forma o tratamento irá contribuir para uma melhor qualidade de vida para a criança como um todo e não somente "desentortar os dentes".
É importante que os pais tenham em mente que quanto mais rápido for o diagnóstico e a intervenção, melhor será a resposta do tratamento e a correção, evitando alterações nas arcadas e na face, diminuindo as necessidades de extrações dentárias e até mesmo o número de casos com indicação cirúrgica.
Dra. Fabiola Bernardeli Lanfredi/ODONTOLOGIA - CRO 84547/SP
Fonte: minhavida.com.br
O Galpão Nativo desta semana é uma homenagem aos Cavaleiros da Paz, que contam um pouco de sua história e as aventuras da última jornada no México. A festa é embalada pelas bandas Os Casca Grossa e Os Fagundes. O programa, que tem a apresentação do músico Elton Saldanha, vai ao ar neste domingo (13/3), às 8h,na TVE.
cavaleirosdapaz 
Fundado no final da década de 1980, sob a inspiração do folclorista Antônio Augusto Fagundes, o grupo realizada cavalgadas internacionais, rompendo as fronteiras de diversos países e interagindo com grupos de cultura equestre em todo continente americano. Eles procuram disseminar seus ideais cavalgando por caminhos que seus antepassados percorreram em épocas de guerra para levarem uma mensagem de paz.
O programa também pode ser conferido no sábado (12/3), às 8h.
A alopecia androgenética, também conhecida como calvície masculina, é a maior causa da perda dos cabelos nos homens. A incidência dessa doença é determinada por influências genéticas, sendo que a prevalência mais alta está entre aqueles com ascendência europeia. Apesar de grande impacto psicológico, já estudado em diversas publicações científicas, sabe-se que ainda são poucos os homens que procuram tratamento.
Cabelosmasculinos
Como ocorre a calvície
 
Em primeiro lugar, vale a pena explicarmos um conceito fundamental que é o mecanismo através do qual a doença surge e se manifesta. A maior parte das pessoas acredita que os cabelo ficam ralos porque caem mais do que o normal. Isso é um engano muito comum! Na realidade, o que ocorre é que os hormônios masculinos (testosterona e seus derivados) se ligam a receptores próprios que ficam nos pelos, levando à miniaturização dos fios em pacientes geneticamente suscetíveis. Neste sentido, é interessante saber a idade com que os parentes do indivíduo começaram a observar a diminuição dos cabelos. Devemos idealmente intervir antes disso. 
 
Sabemos que as manifestações clínicas da calvície masculina são variáveis e os primeiros sinais podem surgir já na adolescência, com alguns padrões característicos de perda dos cabelos. As "entradas", conhecidas por "alopecia androgenética de padrão bitemporal", constituem a manifestação inicial. Na sequência, ocorre a perda no vértex (topo da cabeça) e na região mediana, preservando o cabelo da área occipital (mais próxima ao pescoço). 
 
 
O hormônio di-hidrotestosterona ou DHT pode ser produzido a partir da testosterona circulante, em uma reação química possível graças a uma enzima (proteína que acelera reações químicas) chamada 5-alfa-redutase. A DHT é cinco vezes mais potente que a testosterona e é o hormônio chave no surgimento da alopecia androgenética. O fato de que os receptores para este hormônio não se encontrarem distribuídos igualmente em todo o couro cabeludo explica os padrões de perda de cabelos. 
 
A miniaturização dos fios é o que leva ao desaparecimento do cabelo em determinada região. No entanto, o exato mecanismo envolvido permanece desconhecido, acredita-se que os hormônios masculinos, através de sua ligação com os receptores localizados nos pelos, levem a uma alteração do crescimento. 
 
O diagnóstico é essencialmente clínico, ou seja, feito apenas através do exame físico. É importante puxar os cabelos, para diferenciar de outras causas de queda. A dermatoscopia (exame com lente) permite visualizar os pelos diminutos e colabora com esse diagnóstico, sendo útil também no seguimento do paciente. Outros recursos diagnósticos como biospia, tricograma e videodermatoscopia podem ser utilizados, dependendo de cada caso. 
 
Como tratar?
 
Diante disso, é importante salientar que existe muito pouco que possa ser feito para prevenir a doença, uma vez que ela é geneticamente determinada. Porém, o tratamento instituído precocemente retarda e até uma discreta melhora o quadro clínico. Portanto, é fundamental que os filhos de pais calvos fiquem atentos e idealmente procurem o dermatologista para iniciar um acompanhamento cerca de 10 anos antes da idade em que seu pai começou a notar a calvície e/ou ao menor sinal de entradas. 
 
Neste primeiro momento, serão indicadas medicações tópicas como o minoxidil, xampus específicos e loções. Caso seja necessário e o paciente concorde, pode-se lançar mão da finasterida, medicação oral. Salientamos que ambas as drogas citadas estimulam o crescimento do cabelo em alguns homens, mas são mais úteis como prevenção das manifestações clínicas do que como recuperação da calvície. Como a doença é crônica e evolutiva, o tratamento deve ser instituído precocemente e mantido por tempo prolongado. 
 
Ambas as drogas têm um bom perfil de segurança. O minoxidil, usado a 5%, é uma medicação usada no local, sob a forma de loção capilar, duas vezes ao dia, no couro cabeludo seco. No início, durante os dois primeiros meses, pode haver aumento da queda dos cabelos, que deve ser interpretada como indicativa de boa resposta ao tratamento. O pico de ação ocorre por volta de 16 semanas de uso. Os efeitos colaterais mais comuns são: irritação local, aumento dos pelos em locais indesejados (face e mãos) e taquicardia. 
 
A finasterida inibe aquela enzima, a 5-alfa-redutase, que é responsável pela conversão de testosterona em DHT. É uma medicação oral, usada originalmente para tratar uma doença da próstata, a hiperplasia prostática benigna. No entanto, por reduzir a DHT circulante, pode produzir aumento significativo e durável do crescimento dos pelos. É mais responsiva para os casos de perda dos cabelos do topo da cabeça e frontal superior, tendo resposta mínima nas regiões temporais e na linha anterior. 
 
No entanto, o tratamento deve ser continuo porque os benefícios obtidos não são mantidos com a retirada da medicação. Além disso, a doença é progressiva, conforme já dissemos. Como efeitos colaterais, a finasterida pode causar perda de libido, disfunção ejaculatória, aumento das mamas e depressão em um pequeno número de indivíduos. Essas alterações em geral são transitórias, mas há alguns relatos de caso em que essas alterações se tornaram persistentes. 
 
Nos casos mais avançados, pode ser indicado o transplante capilar. A área doadora é a região occipital, local em que os pelos não possuem receptores hormonais, e, portanto se mantêm apesar dos hormônios circulantes, mesmo quando colocados em outras regiões. 
Dra. Tatiana Gabbi DERMATOLOGIA - CRM 104415/SP
Fonte: www.minhavida.com.br
O prefeito Glauber Lima participou, nesta quinta-feira, de uma importante agenda interministerial, demandada pelo nosso Consórcio do Desenvolvimento do Pampa e FAMURS -  Federação da Associação dos Municípios do RS, que foi coordenada pelo Ministro da Integração, Gilberto Occhi.
Glauberbrasilia
Junto aos demais prefeitos da região da Fronteira, Glauber buscou, mais uma vez, apoio emergencial do Governo Federal para enfrentar os danos causados pelas chuvas do último período.
“Estamos com a situação de emergência reconhecida pelo Estado e homologada pela União, portanto, esperamos a disponibilização de máquinas para que consigamos restabelecer a normalidade no interior e assegurar o escoamento da produção agropecuária, especialmente a leiteira, que é diária, e o transporte escolar que conta com 44 linhas, tendo em vista a premência do ano letivo”, disse Glauber Lima.
Foto: William Darlan – Ascom
Assessoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal 
Sant'Ana do Livramento
Na manhã desta terça-feira (26), o Prefeito Glauber Lima recebeu a visita do proprietário do Frigorífico Estância, Marcelo Rorato, acompanhado da Secretária Municipal de Agricultura, Silvia Carambula; e do Coordenador do Serviço de Inspeção Municipal, Ariel Lima.
Em menos de dois meses de atuação no município desde sua inauguração, o Frigorífico Estância já abateu mais de 2800 ovinos e comercializa sua produção para importantes redes de supermercados, como o Zaffari de Porto Alegre.
DSC 0467
O objetivo do frigorífico, segundo o empresário, é ampliar as atividades no país e a escolha da instalação do empreendimento em Sant’Ana do Livramento foi fundamental para isso. “Resolvemos investir no município por seu relevante trabalho realizado com os frigoríficos através do Serviço de Inspeção Municipal e sua adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi), o que nos dá a possibilidade de comercializarmos para todo o país”, afirmou Marcelo.
O Prefeito Glauber Lima parabenizou e agradeceu o empresário pela instalação do frigorífico em Livramento e enfatizou o apoio que o Governo Municipal presta, de forma direta, aos frigoríficos e agroindústrias através do Serviço de Inspeção Municipal. “Temos investido sobremaneira na produção primária do município, através, inclusive, da adesão aos programas de políticas públicas como o Sisbi, que são fundamentais para o desenvolvimento das cadeias produtivas locais”, destacou.
Livramento está entre os 09 municípios do Estado que contam com um Serviço de Inspeção Municipal qualificado e que possui equivalência ao Sisbi.
FOTO JADIR PIRES/ASCOM
Assessoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal 
Sant'Ana do Livramento
Página 362 de 370
Topo