Gisnei

Gisnei

O ano começou com tudo! Os dois primeiros jogos foram com duas vitórias e praticamente todo o grupo de jogadores atuando nas partidas. Depois de vencer o Pelotas no Beira-Rio, o Clube do Povo se reapresentou na tarde desta segunda-feira (27/01), no CT Parque Gigante, mirando os próximos desafios da temporada. Uma maratona de três confrontos seguidos fora de casa, em sete dias, aguardam a equipe pela frente. São dois duelos pelo Campeonato Gaúcho e um pela Copa Libertadores da América.  

O treinamento deste segunda foi dividido em duas partes: enquanto os atletas que iniciaram a partida com o Pelotas realizaram atividades físicas no gramado, com corridas ao redor do campo, o restante do grupo fez trabalho com o técnico Eduardo Coudet. O argentino comandou um treino intenso em campo reduzido, exigindo troca de passes rápidos, movimentação e finalizações dos jogadores. O atacante William Pottker voltou a treinar com o elenco, mas ainda sob supervisão da preparação física. 

Antes dos trabalho, o meio-campista Edenilson concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do CT. O camisa 8 marcou o primeiro gol do Beira-Rio em 2020 e projetou a sequência fora de casa que o Inter tem pela frente. "Todos os jogadores precisam estar preparados. Não sabemos quem viajará para o próximo jogo, nem para a Libertadores. Mas a gente precisa treinar e demonstrar nos treinos que queremos jogar", afirmou. 

Resta apenas mais um treinamento em Porto Alegre antes do grupo colorado viajar a Ijuí. Na próxima rodada do Gauchão, o Clube do Povo enfrenta o São Luiz, na quarta-feira (29/01), às 21h30, no estádio 19 de Outubro. Com seis pontos em dois jogos, o Inter lidera o grupo A do Estadual. 

Os últimos dias mostraram uma rápida evolução na epidemia de coronavírus, que se espalha cada vez mais pela China, pelo restante da Ásia e começa a preocupar outros países. Já são mais de 2,8 mil casos confirmados, com 81 mortes. Em Pequim, capital da China, o clima é de medo. As pessoas têm evitado sair de casa e o uso de máscaras é uma constante. A cidade já teve 72 casos confirmados.

A brasileira Rafaela Dias mora em Pequim há dois anos e estuda na Beijing Sports University. Segundo ela, a população está preocupada com o vírus e os constantes avisos do governo na tentativa de acalmar a população não têm adiantado.

“Você vê muita diferença na rua. Já não tem tantos carros nem tantas pessoas. O governo sempre manda mensagem dizendo para ninguém entrar em desespero, que eles vão resolver a situação”, disse a estudante à Agência Brasil. “E nem a poluição, que é alta aqui, faz tantas pessoas usarem máscaras. Mas, por conta do vírus, todo mundo está de máscara. É uma cena de filme mesmo. As pessoas estão com medo”, acrescentou a jovem, que também adotou a máscara como item obrigatório.

Rafaela mora na universidade e a recomendação é que os estudantes não deixem o campus nem para comprar comida. Eles estão sendo orientados a comprar por um aplicativo de entrega de lanches e outros itens. “Foi essa a recomendação que eles deram para a gente, que era mais arriscado sair do que vir uma pessoa entregar as coisas no portão”. E no caso de estudantes e professores que querem entrar na universidade, são realizados alguns testes rápidos para verificar a saúde dessas pessoas. Caso a pessoa tenha vindo de outra cidade, a recomendação da universidade é de isolamento total por, pelo menos, dez dias.

O governo adiou o início das aulas e a circulação de ônibus para outras cidades está suspensa. “Para pegar o avião estão medindo a temperatura das pessoas antes de embarcar, nos trens também. E todo mundo usando máscara”, disse a estudante.

A situação de Raif Alves é diferente. O brasileiro mora e estuda em uma universidade na cidade de Hangzhou, a 1,3 mil km de Pequim, mas deixou o país em 20 de janeiro para visitar a família no Brasil. Deixou a China alheio aos perigos do vírus, que ainda crescia. Há uma semana, eram pouco mais de 200 casos confirmados. Raif tem passagem marcada para voltar à Ásia em 17 de fevereiro, mas não tem certeza se pegará esse voo.

“O meu orientador da universidade mandou mensagem dizendo para a gente se manter longe, não voltar para a universidade tão cedo. Minha passagem está para 17 de fevereiro. Dependendo de como as coisas estiverem até lá, considero alterar”.

Japoneses preocupados

O Japão registrou, até o momento, apenas quatro casos, todos na capital Tóquio. Mas nem por isso a população está indiferente. “Aqui está todo mundo bem alarmado. Qualquer início de sintoma as pessoas já ficam alarmadas. Seja um espirro, uma tosse, as pessoas acham que podem estar com o vírus”, disse Thiago Barbosa e Silva.

O governo japonês tem tomado medidas de controle na entrada de pessoas no país. “Quando você chega no país já tem um medidor automático de temperatura. Antes de você falar com a imigração, já sabem se sua temperatura está diferente ou não”.

Thiago mora em Shizuoka, a cerca de uma hora de Tóquio. Ele tem evitado multidões e sempre está de máscara, mas esteve na capital no último fim de semana. “Fiquei lá no fim de semana esquecendo que era o final de semana do ano novo chinês”. Nessa data, os chineses residentes no Japão costumam se encontrar em Tóquio para as celebrações.

Ele notou diferença no comportamento das pessoas. Muitos evitavam lugares onde há um movimento maior de turistas. E, claro, máscaras cobrindo todos os rostos. Segundo ele, alguns lojistas chegam ao ponto de proibir a entrada de chineses nos estabelecimentos. “Os donos de estabelecimentos estão proibindo na tentativa de evitar o contágio”.

Thiago, que é funcionário público no Japão, disse que as vendedoras estão preocupadas pois querem usar máscaras no trabalho e não podem. Segundo ele explicou, as vendedoras são obrigadas a usar maquiagem e a boa aparência da vendedora é considerada fundamental na boa apresentação do produto.

“Os trabalhadores da área de vendas estavam reclamando que o governo não obriga o uso de máscaras. Porque se o governo não obrigar, os donos das lojas não vão implementar o uso para não prejudicar, na visão deles, o próprio negócio”.

Jogos Olímpicos

As autoridades japonesas já começam a pensar nas consequências do coronavírus para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que ocorrerão em julho e agosto. No dia 22 de janeiro autoridades japonesas se reuniram na capital do país para tratar do assunto. Há a preocupação de que grandes eventos, como a Olimpíada, aumentem o risco de contágio.

Os jogos de 2016, no Rio de Janeiro, foram lembrados no encontro. Na época, havia um surto de zika, que fez com que atletas desistissem de competir. Na Copa do Mundo de Rugby, realizada em Tóquio no ano passado, houve uma preocupação com um potencial surto de encefalite japonesa. Agora, a preocupação é muito maior. “Como as Olimpíadas vão ser um evento muito grande, estão achando que o risco é muito maior de espalhar [o coronavírus] aqui no Japão se não encontrarem logo uma cura ou uma vacina”.

Edição: Fernando Fraga
 
Por Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil

As pensionistas filhas solteiras que não realizaram o recadastramento exigido pela legislação estadual junto ao Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPE Prev) terão o pagamento de seu benefício de pensão por morte suspenso a contar de janeiro, conforme edital de notificação publicado no Diário Oficial do Estado em 21/1/2020.

Para regularizar o pagamento do benefício, a pensionista deverá preencher o termo de responsabilidade, via formulário eletrônico, disponível neste link, até 10 de maio. 

O IPE Prev encaminhou correspondências, e-mail e mensagens de texto via celular para as pensionistas filhas solteiras, divulgando a necessidade de realização do recadastramento, bem como permanece à disposição para auxiliar a pensionista e/ou seus familiares ou representantes legais.

Havendo impossibilidade de acesso ao site, deverá ser realizado o contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (51) 3210-5900. O pagamento da pensão será regularizado conforme a data da realização do recadastramento e a data do fechamento da próxima folha de pagamento, retroativamente a janeiro de 2020.

Ao efetuar o recadastramento, a pensionista terá liberado, no dia seguinte, o seu plano IPE Saúde.

Clique aqui para conferir a relação de pensionistas que não se recadastraram.

Texto: Silvia Martins/Ascom IPE
Edição: Secom

A prefeita Mari Machado recebeu nesta segunda-feira (27), o reitor da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), Leonardo Alvim Beroldt da Silva, acompanhado da chefe da Unidade da Uergs em Livramento, Walkyria Serpa e do coordenador do curso de Agronomia, professor Anor Aluizio Guedes.

Em visita ao Município, o Reitor apresentou o objetivo de expansão da Universidade, mesmo com as dificuldades econômicas atuais do Governo Estadual. Além disso, o Reitor destacou que a ideia é fazer do campus de Sant’Ana do Livramento um case de integração científica entre os dois países, formando a “Fronteira da Paz e da Inovação”: “Queremos produzir ciência de maneira integrada”, ressaltou.

Indo ao encontro da perspectiva do Reitor, a Prefeita apresentou o projeto de instalação de um polo tecnológico no Município. Ao elogiar a iniciativa, o Reitor frisou a disponibilidade da Universidade para o desenvolvimento do projeto. A Prefeita e o Reitor ainda abordaram as necessidades de tratar de forma diferenciada as particularidades da Fronteira, enaltecendo a importância de diminuir burocracias em prol do desenvolvimento educacional e tecnológico do município.

Foto: Assessoria de Comunicação Social || Fonte: Assessoria de Comunicação Social

O coronavírus, surgido na cidade de Wuhan, na China, já atingiu mais de 2.116 pessoas em todo o mundo e 300 estão em estado grave. Segundo oficiais da província de Hubei, 52 de todas as mortes foram registradas na região. A capital, Wuhan, onde o surto teve início, é a cidade mais afetada pelo vírus.

Somente na China foram registrados 2.062 casos. Além da China, Hong Kong (8 casos), Tailândia (8), Macau (5), Austrália (4), Japão (4), Malásia (4), Cingapura (4), Taiwan (4), Coreia do Sul (3), Vietnã (2) e Nepal (1) também tiveram casos confirmados. O coronavírus também chegou na Europa, com três casos confirmados na França. Já na América do Norte, são três casos nos Estados Unidos e um no Canadá. Até o momento não há registro de casos na América do Sul. As informações são do Centro de Ciência e Engenharia da universidade Johns Hopkins, de Baltimore (EUA).

O surto tem afetado planos da população chinesa em meio ao feriadão do Ano Novo Lunar. A imprensa estatal afirma que agências de turismo cancelaram todas as excursões para o exterior a partir de segunda-feira. Segundo a Televisão Central da China, a medida teria sido resultado de uma ordem do governo chinês.

A doença também continua a se alastrar pelo mundo, com 44 casos registrados em 13 nações, além da China. A maioria dos infectados são turistas de Wuhan ou pessoas que visitaram a cidade. É o caso do terceiro paciente identificado na Coreia do Sul, um homem sul-coreano que vive em Wuhan e que havia retornado de férias ao país natal.

*com informações da NHK, Agência pública do Japão

Edição: Pedro Ivo de Oliveira
 
Por Marcelo Brandão 

Em entrevista coletiva realizada pela polícia de Calabasas, na Califórnia, as autoridades afirmaram que havia nove pessoas a bordo do helicóptero que caiu hoje (26), matando o ex-jogador de basquete Kobe Bryant. As informações anteriores eram de que cinco pessoas haviam morrido. De acordo com afirmação atualizada da polícia, a aeronave levava oito pessoas e o piloto.

O acidente ocorreu às 9h47 da manhã no horário local (14h47 no horário de Brasília). Com a queda, o helicóptero pegou fogo e as chamas foram apagadas com dificuldade pelos bombeiros da cidade. Segundo a polícia, as investigações sobre as causas do acidente estão em andamento.

Filha também morre no acidente

A imprensa norte-americana também confirmou que uma das filhas do ex-jogador, Gianna, de 13 anos, também estava no helicóptero. O comissário da NBA, Adam Silver, publicou uma declaração lamentando a morte de Bryant. “A família NBA está devastada pela morte trágica de Kobe Bryant e sua filha, Gianna”, disse Silver, em nota publicada no Twitter. Os outros passageiros da aeronave ainda não foram identificados, e os legistas afirmam que a identidade deles será revelada após testes de DNA.

NBA
 
@NBA
 
 

NBA Commissioner Adam Silver issued the following statement today regarding the passing of Kobe Bryant

Ver imagem no Twitter
 
14,9 mil pessoas estão falando sobre isso
 
 

Nota da NBA lamenta a morte do ídolo das quadras de basquete americano

“Mas ele será mais lembrado por inspirar pessoas em todo o mundo a pegar uma bola de basquete e competir no melhor de sua habilidade”, acrescentou Silver em outro trecho da nota. Vários atletas de diferentes esportes já prestam homenagens a Bryant nas redes sociais. Ele é um dos grandes nomes da história da NBA, com cinco títulos conquistados e 33.643 pontos marcados, a quarta maior marca da liga.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira
 
Por Marcelo Brandão  Brasília
 
 
Foto USA Today Sports/reuters/Direitos Reservados

A tarde deste domingo foi de jogo pelo Gauchão para o Grêmio, que entrou em campo no estádio Bento Freitas, em Pelotas, para encarar o Brasil de Pelotas, pela 2ª rodada da competição. Com gol de David Braz, a equipe gremista venceu pelo placar de 1 a 0 e conquistou seus três primeiros pontos.

A partida iniciou equilibrada, com as duas equipes buscando o ataque, mas ambas com dificuldades de passar pelas marcações nos minutos iniciais. Depois da metade do jogo, o Tricolor conseguiu se impor e criar as melhores oportunidades de abrir o placar, tendo ainda um pênalti perdido. Mas aos 47’, conseguiu marcar com David Braz, que após cobrança de escanteio, mandou para o fundo das redes.

Logo aos 5 minutos, os donos da casa chegaram pela primeira vez com Nathan, que recebeu em frente a grande área e chutou no meio do gol, mas Vanderlei fez a defesa com tranquilidade. Já o Grêmio levou perigo aos 13’, depois de uma grande jogada coletiva. Maicon desarmou o adversário e acionou Alisson. O atacante rolou para Everton, que deixou Patrick em condições. O meia finalizou, mas mandou por sobre a meta. 

Outra boa oportunidade gremista surgiu pela direita, aos 20’, quando Victor Ferraz recebeu na área e chutou na trave, mas a bola voltou para as mãos do goleiro Rafael Martins. Insistindo no ataque, o Grêmio fez uma boa triangulação e Alisson invadiu a área, dividindo com o arqueiro adversário, que cometeu a penalidade, marcada pela arbitragem. No lance, Rafael Martins acabou sofrendo um choque e foi retirado de campo com a ambulância, sendo substituído por Matheus Nogueira. Luciano foi para a cobrança e acertou a trave esquerda, perdendo a chance de abrir o placar.

Passados 33 minutos, Patrick construiu uma boa jogada com Alisson, que recebeu o último passe e finalizou, mas chutou muito alto. Já aos 44’, Patrick dominou pela esquerda e passou pela marcação, mas caiu dentro da área, após dividir com marcador, mas nada foi assinalado.

Nos acréscimos, aos 47’, após cobrança de escanteio, a bola chegou a David Braz, que mandou de cabeça para o fundo das redes, abrindo o placar.

No segundo tempo, logo aos 2 minutos, Gabriel fez uma boa jogada, passando pela marcação e acionou Heverton, que finalizou, obrigando Vanderlei a espalmar pela linha de fundo. Em seguida, o Grêmio teve uma falta a seu favor, Alisson cobrou e Matheus Nogueira saiu para defender de soco. Outra chance gremista saiu dos pés de Lucas Silva, que da direita, mandou direto em direção a meta, obrigando o goleiro a tirar para escanteio.

Aos 16’, o Tricolor tentou com Patrick em contra-ataque rápido. O meia recuou a bola para Luciano, que finalizou, mas sobre a marcação. Insistindo no ataque, o Grêmio tentou pela direita - Victor Ferraz cruzou para Alisson na área, que tentou chapelar o marcador, mas foi impedido pela marcação. Em resposta, o Brasil de Pelotas mandou uma bola na trave, com Nathan. Já com 24’, Alisson serviu Luciano na direita e o atacante chutou cruzado - a bola passou muito perto de Isaque, que quase conseguiu a finalização.

Uma boa oportunidade de gol nasceu aos 37’, quando Isaque, da direita, cruzou para Maicon. O capitão chutou, obrigando Matheus Nogueira a fazer defesa. No lance seguinte, após Alisson cobrar escanteio, Kannemann mandou de cabeça, acertando a trave - a bola bateu no poste e voltou para o arqueiro do Brasil.

Na reta final da partida, Lucas Silva cobrou uma falta com perigo, mas a bola saiu à esquerda do gol do Brasil de Pelotas. Em seguida, Victor Ferraz conseguiu marcar um gol, mas a jogada estava anulada por impedimento.

Com o resultado, o Grêmio soma seus três primeiros pontos na competição e sobe para a quarta colocação.

 

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

O Tricolor iniciou a sexta-feira com trabalhos no Centro de Treinamento Presidente Luiz Carvalho. O foco está na partida contra o Brasil de Pelotas, que acontece no domingo, às 16h, no Estádio Bento Freitas.

A única ausência da atividade foi o zagueiro Geromel, submetido ontem à noite a uma cirurgia artroscópica para correção de uma lesão no menisco lateral do joelho direito.

Orientados pelo técnico Renato Portaluppi e seu auxiliar Alexandre Mendes, o grupo participou de um trabalho técnico, em campo reduzido, buscando intensidade, movimentação e troca de passes.Na última etapa, apenas alguns atletas permaneceram na mesma atividade, sendo do elenco profissional, Thaciano, Paulo Miranda, Frizzo, Darlan, Rodrigues, André, Orejuela e Júlio César.

O lateral Marcelo Oliveira segue trabalhando separado dos demais. Durante a manhã, realizou uma atividade física, com corridas em torno do gramado. 

Depois do treinamento, o zagueiro David Braz concedeu entrevista coletiva, que você pode conferir no vídeo abaixo. 

Amanhã, o Tricolor realiza pela manhã o último trabalho antes de viajar a Pelotas. Paralelo a esta atividade, às 11h, na Arena, irá ocorrer um jogo-treino contra a equipe do Athletico Paranaense. Parte dos atletas deve participar. 

 

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

As etapas locais do Circuito Verão Sesc de Esportes 2020 estão movimentando todo o RS neste início de ano. Desde dezembro, cerca de 100 municípios recebem disputas de Beach soccer, Handebol de areia, Vôlei de duplas, Futevôlei, Beach câmbio e, a novidade de 2020, o Basquete de trio. A proposta desta 19ª edição é seguir proporcionando aos gaúchos atividades esportivas também no verão, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos participantes também nas modalidades de areia. Muitas das cidades seguem com inscrições abertas. No site, é possível conferir todas as regiões participantes, datas das próximas etapas e informações adicionais www.sesc-rs.com.br/circuito.

Até dia 1º de março, serão conhecidos os campeões de cada modalidade e naipe das fases municipais, que disputarão a final estadual nos dias 07 e 08 de março, em Torres, no Litoral Norte gaúcho. A atração musical da etapa final já está confirmada: Diogo Nogueira fará um show gratuito na Praia dos Molhes (Praça da SAPT – Av. Beira Mar, s/n), a partir das 21h do dia 07, com seus últimos lançamentos, além de homenagens a grandes nomes da MPB e do samba como Djavan, Martinho da Vila, Caetano Veloso, Zeca Pagodinho e João Nogueira.

Considerado o maior evento esportivo de praia do Sul do País, o Circuito Verão Sesc é uma realização do Sistema Fecomércio-RS/Sesc, em parceria com as Prefeituras Municipais.

Esporte Sesc – Para promover o bem-estar físico da comunidade gaúcha, “Esporte Sesc – Praticar Faz Bem”, pilar do Sistema Fecomércio-RS/Sesc, realiza torneios e competições, tais como o Circuito Verão Sesc de Esportes, Jogos Comerciários, Sesc Triathlon e o Circuito Sesc de Corridas, além das ações voltadas à qualidade de vida promovidas pelas Academias Sesc, que mantém desde 2011 certificação NBR ISO 9001:2015.

Fonte: https://www.sesc-rs.com.br/

Foto: Marcos Nagelstein

As etapas locais do Circuito Verão Sesc de Esportes 2020 estão movimentando todo o RS neste início de ano. Desde dezembro, cerca de 100 municípios recebem disputas de Beach soccer, Handebol de areia, Vôlei de duplas, Futevôlei, Beach câmbio e, a novidade de 2020, o Basquete de trio. A proposta desta 19ª edição é seguir proporcionando aos gaúchos atividades esportivas também no verão, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos participantes também nas modalidades de areia. Muitas das cidades seguem com inscrições abertas. No site, é possível conferir todas as regiões participantes, datas das próximas etapas e informações adicionais www.sesc-rs.com.br/circuito.

Até dia 1º de março, serão conhecidos os campeões de cada modalidade e naipe das fases municipais, que disputarão a final estadual nos dias 07 e 08 de março, em Torres, no Litoral Norte gaúcho. A atração musical da etapa final já está confirmada: Diogo Nogueira fará um show gratuito na Praia dos Molhes (Praça da SAPT – Av. Beira Mar, s/n), a partir das 21h do dia 07, com seus últimos lançamentos, além de homenagens a grandes nomes da MPB e do samba como Djavan, Martinho da Vila, Caetano Veloso, Zeca Pagodinho e João Nogueira.

Considerado o maior evento esportivo de praia do Sul do País, o Circuito Verão Sesc é uma realização do Sistema Fecomércio-RS/Sesc, em parceria com as Prefeituras Municipais.

Esporte Sesc – Para promover o bem-estar físico da comunidade gaúcha, “Esporte Sesc – Praticar Faz Bem”, pilar do Sistema Fecomércio-RS/Sesc, realiza torneios e competições, tais como o Circuito Verão Sesc de Esportes, Jogos Comerciários, Sesc Triathlon e o Circuito Sesc de Corridas, além das ações voltadas à qualidade de vida promovidas pelas Academias Sesc, que mantém desde 2011 certificação NBR ISO 9001:2015.

Fonte: https://www.sesc-rs.com.br/

Foto: Marcos Nagelstein

Página 1 de 397
Topo