Preço da soja é “bolha” prestes a estourar?

Na avaliação da T&F Consultoria Agroeconômica, sim, o atual preço da soja “é uma grande bolha, que pode estourar a qualquer momento”: “O que está acontecendo no mercado de grãos no Brasil (e só no Brasil, na Argentina, não; nos EUA também não) é um grande sonho, provocado por uma bolha, chamada coronavírus. Ela ainda está inflando, mas chegará em um ponto em que não terá mais como expandir e estourará”. 

De acordo com os analistas da T&F, o coronavírus caiu do céu para os agricultores: “Abalou as economias mundiais, fez todo mundo se refugiar no dólar, cuja cotação subiu astronomicamente para níveis inimagináveis, no Brasil. Como o preço da soja é composto em pelo menos 35% pela moeda americana, os seus preços embarcaram no foguete e também subiram a níveis que ninguém esperava”. 

Os especialistas ressaltam que, se é verdade que os preços de alguns insumos também são cotados em dólar, também é verdade que muitos deles são baseados nos preços do petróleo que, por sua vez, caíram aos menores níveis dos últimos 10 anos. “Então, o que pode ter subido em dólar, caiu no preço-base, a favor, também do agricultor brasileiro”, destaca a T&F. 

Diante disto, o que há para fazer? “Os lucros já ultrapassam 36%. Então, [é hora de] aproveitar, apenas isto. E não apostar, como num cassino. O mercado de soja não é um cassino. É imprevisível e excitante, como um cassino, mas não é um cassino. Num cassino você conta exclusivamente coma sorte. Nos mercados de commodities há regras, caminhos e procedimentos que, se conhecidos e seguidos, podem levar a bom termo, com alguma segurança”, dizem os analistas. 

“Não existe segurança plena para quem escala o Everest. Assim, também, é o mercado de soja. Todos os dias há sinais. Saber lê-los e interpretá-los é o segredo. Já recomendamos aqui, várias vezes, que fossem aproveitadas as boas chances que o mercado oferecia. Quem seguiu nossos conselhos fez uma excelente média até o momento e deve fechar o ano com bom lucro”, concluem.

Por: AGROLINK -Leonardo Gottems

Imagem: Nadia Borges

Fonte: www.agrolink.com.br

Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo