Vencedores do 1º Hackaffthon recebem prêmio pelo desenvolvimento de aplicativo

Os vencedores da 1ª maratona digital de desenvolvimento de soluções para a gestão do Estado, o Hackaffthon, receberam o prêmio referente ao concurso na manhã desta sexta-feira (11/10). O time JLR2, formado por Jefferson Silveira, Lucas Benz, Ricardo Bard e Régis Santana, receberam, das mãos do governador Eduardo Leite, o cheque simbólico no valor de R$ 16 mil.

Com o desafio de criar soluções digitais para as ações administrativas do governo do Estado, a equipe desenvolveu uma ferramenta que torna mais eficiente as solicitações relativas a procedimentos das secretarias e órgãos estaduais, como os pedidos de férias dos servidores, exemplo apresentado durante a cerimônia de premiação, realizada na Fábrica do Futuro, em Porto Alegre.

“São iniciativas como esta que me fazem ter confiança e otimismo com relação ao futuro do RS. O próprio governo precisa se reconectar com a sociedade, precisamos remodernizá-lo. Parabéns a esses jovens que criaram uma ferramenta que facilitará a vida dos quase 6 mil servidores que circulam diariamente pelo Centro Administrativo Fernando Ferrari”, destacou o governador.

Ao mencionar a reforma estrutural que será proposta pelo governo à Assembleia Legislativa, Leite reforçou a importância da redução da máquina pública. “O que vimos hoje, aqui, mostra que a sociedade está liderando esse processo de inovação. O governo não pode sufocar essa capacidade empreendedora, pelo contrário, deve ser a alavanca”, afirmou, ao destacar a importância de transformar o RS em um ambiente acolhedor para investidores.

Premiação Hackffthon 2
Em evento na Fábrica do Futuro, equipe apresentou facilidades do aplicativo para o Centro Administrativo do Estado - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

A maratona digital, uma iniciativa da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), em parceria com as secretarias de Governança e Gestão Estratégica (SGGE) e de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict), com a Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), foi realizada ao longo do primeiro semestre do ano.

A titular da Seplag, Leany Lemos, ressaltou a ousadia do governo na implementação da iniciativa, desenvolvida logo no início da gestão. "Criar dentro do setor público é um grande desafio e é o que move todos que estão aqui. Este é um piloto que testou muito bem como o governo pode trabalhar junto com a sociedade e com o ecossistema para produzir soluções que são interessantes para as outras pessoas", afirmou.

A mudança de comportamento da população foi destacada pelo secretário da Sict, Luís Lamb. "Há uma juventude em ebulição e uma necessidade de transformação cultural na nossa cidade, na nossa região, no nosso país. Esse exemplo que fica de dentro do governo é muito positivo, pois mostra que estamos dispostos a mudar", disse.

Em uma semana de apresentação dos planos de reforma estrutural das carreiras do Estado aos representantes dos servidores, o secretário da SGGE, Claudio Gastal, ressaltou a necessidade de o Rio Grande do Sul voltar a se desenvolver. “Temos de reformar aquilo que é necessário para que se tire as amarras e o Rio Grande do Sul volte a se desenvolver. E que a gente não precise sair do Estado para buscar alguma alternativa. Aqui tem muita coisa legal”, apontou.

Também estiveram presentes na cerimônia de premiação o fundador da Fábrica do Futuro, Francisco Hauck, o presidente da Procergs, José Costa Leal, e o secretário adjunto da Seplag, Marcelo Alves.

Implantação

A solução desenvolvida pelo time vencedor foi apresentada durante o encontro. O foco do grupo esteve em criar uma ferramenta para tornar os serviços do Estado mais inteligentes, ágeis e inovadores.

"Além de entender qual era a necessidade do usuário, não fizemos simplesmente a digitalização do serviço. Fomos lá e fizemos um pensamento crítico sobre o processo. Simplificamos algumas etapas e focamos na transparência da comunicação, para que todos que utilizarem o aplicativo saibam do andamento dos seus processos", destacou Lucas Benz.

Com a entrega da ferramenta, a Procergs trabalha agora para a implantação do sistema, previsto para os próximos meses.

Hackaffthon

Voltado a startups e profissionais de TI, o Hackaffthon – Seplag foi lançado em maio de 2019. Após o período de inscrições, cerca de 20 times, com até cinco integrantes cada, habilitaram-se a participar do concurso, cuja primeira etapa foi realizada entre os dias 19 e 21 de julho na sede do Arquivo Público do RS, em uma maratona digital inédita na gestão estadual.

Após 48 horas de atividades, duas equipes superaram a pontuação mínima fixada em edital e avançaram para a etapa final, que contou com o apoio de técnicos da Procergs. Cerca de 70 pessoas estiveram envolvidas na organização do Hackaffthon.

Vencedores do 1º Hackaffthon recebem prêmio pelo desenvolvimento de aplicativo

Canal oficial do governo gaúcho. INSCREVA-SE e saiba em primeira mão as notícias do Rio Grande do Sul. Siga também nossos perfis no twitter @governo_rs, facebook GovernodoRS e no portal do governo: http://www.rs.gov.br/ Acesse este espaço também par Crédito: Governo do Rio Grande do Sul

Texto: Vagner Benites/Ascom Seplag
Edição: Marcelo Flach/Secom

Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo