Gisnei

Gisnei

Novo centroavante colorado para a temporada de 2020, Gustavo foi oficialmente apresentado à torcida e imprensa na tarde desta quinta-feira (27/02), na sala de conferências do CT Parque Gigante. Anunciado na terça-feira da semana retrasada, dia 18, o atleta, que das arquibancadas do Beira-Rio acompanhou o duelo do Internacional contra o Tolima, confronto de volta da terceira fase preliminar da Libertadores, não escondeu a expectativa em atuar com as cores do Clube do Povo. "A expectativa é muito boa. O calor da torcida é sensacional, fizeram uma festa muito linda, empurrando os companheiros para que conseguíssemos, mesmo com um a menos, a classificação. Sem dúvida a torcida será muito importante nesta temporada, e esperamos retribuir com muitas alegrias."

A coletiva de apresentação do novo reforço foi aberta por Alessandro Barcellos, vice-presidente de Futebol do Internacional. Cumprimentando os presentes, o dirigente alvirrubro fez questão de destacar o goleador currículo do novo centroavante alvirrubro. "Gustavo tem uma trajetória de gols e presença de área. Temos muita confiança que este jovem, de 25 anos, vai ajudar muito o Internacional ao longo de 2020." Na mesma linha seguiu Rodrigo Caetano, diretor executivo do Clube do Povo, destacando as características atendidas pelo atleta contratado. "Pelo perfil, pelo que ele tem de números, excelentes, com uma média de gols bastante elevada nos últimos anos, pelo que usamos como sistema de jogo, a gente buscou o Gustavo. Esperamos que tenha sucesso no Internacional. Seja bem-vindo!"

Fonte: https://www.internacional.com.br/

Na manhã desta quinta-feira a prefeita Mari Machado recebeu visita de cortesia dos representantes da COTRIBA, cooperativa de Ibirubá que instalou-se em Livramento. 

O Sr. João Petter que é representante da empresa na região oeste e o vice presidente da cooperativa Enio César Moura do Nascimento, manifestaram o desejo de colaborar com o município e informaram que já estão gerando 16 empregos, podendo nos próximos dias aumentar o número de empregados. 
 
Também se colocaram a disposição para ajudar na recuperação das estradas rurais que servem para escoar a produção da empresa. 
 
A prefeita Mari deu as boas vindas aos empreendedores e confirmou presença no evento que ser realizada no dia 6/3, quando a cooperativa será apresentada aos produtores da região.
 
Foto: Assessoria de Comunicação Social || Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Os receios quanto ao impacto do novo coronavírus sobre a economia mundial afetaram fortemente o mercado financeiro no retorno do carnaval. Em alta pela sexta sessão seguida, o dólar voltou a fechar no maior valor nominal desde a criação do real. Nesta quarta-feira (26), o dólar comercial encerrou a sessão vendido a R$ 4,444, com alta de R$ 0,051 (+1,16%). A bolsa de valores caiu 7%, a maior queda diária em quase três anos.

O dólar abriu em alta e manteve-se em torno de R$ 4,44 durante quase toda a sessão. Desde o começo do ano, o dólar acumula valorização de 10,75%. O euro comercial fechou o dia vendido a R$ 4,85, com alta de 1,43% nesta quarta-feira.

O Banco Central (BC) vendeu, nos primeiros minutos de negociação, US$ 500 milhões em contratos de swap cambial – que equivalem à venda de dólares no mercado futuro – e anunciou um leilão de US$ 1 bilhão para amanhã (27). Mesmo assim, os anúncios foram insuficientes para segurar a alta do dólar. Por causa da Quarta-Feira de Cinzas, o mercado só operou à tarde hoje.

No mercado de ações, a turbulência foi ainda maior. O índice Ibovespa, da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), encerrou esta quarta-feira aos 105,718 pontos, com recuo de 7%. Essa foi a maior queda para um dia desde 17 de maio de 2017, quando o indicador havia caído 8,8% após a divulgação de conversas do então presidente Michel Temer.

Produção afetada

Nas últimas semanas, o mercado financeiro em todo o mundo tem atravessado turbulências em meio ao receio do impacto do coronavírus sobre a economia global. Além da interrupção da produção em diversas indústrias da China, a disseminação da doença na Europa e a confirmação do primeiro caso no Brasil indicam que outras economias podem reduzir a atividade por causa do vírus.

Com as principais cadeias internacionais de produção afetadas, indústrias de diversos países, inclusive do Brasil, sofrem com a falta de matéria-prima para fabricarem e montarem produtos. A desaceleração da China também pode fazer o país asiático consumir menos insumos, minérios e produtos agropecuários brasileiros. Uma eventual redução das exportações para o principal parceiro comercial do Brasil reduz a entrada de dólares, pressionando a cotação.

Entre os fatores domésticos que têm provocado a valorização do dólar, está a decisão recente do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central de reduzir a taxa Selic – juros básicos – para 4,25% ao ano, o menor nível da história. Juros mais baixos desestimulam a entrada de capitais estrangeiros no Brasil, também puxando a cotação para cima.

Edição: Aline Leal

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil - Brasília

O lucro líquido do Badesul Desenvolvimento S.A. – Agência de Fomento registrou resultado de R$ 28,1 milhões em 2019 – valor 41% maior do que no ano anterior.

O resultado da instituição foi apresentado em primeira mão, na tarde desta quarta-feira (26/2), no Palácio Piratini, ao governador Eduardo Leite. O balanço será publicado nesta quinta-feira (27/2) no Diário Oficial do Estado e em jornais.

“É um excelente resultado e uma grande notícia para o nosso RS, já que o lucro do Badesul é reinvestido no desenvolvimento do Estado”, disse o governador, parabenizando a presidente Jeanette Lontra em nome de toda à equipe da agência de fomento pelo trabalho realizado.

“Sempre acreditei em instituições como o Badesul como um instrumento de estímulo à economia e, portanto, para ajudar o RS a retomar seu desenvolvimento”, acrescentou.

Jeanette, o vice-presidente José Claudio dos Santos e o diretor financeiro, Kalil Sehbe, ainda ressaltarem, dentro diversos números positivos do balanço, o crescimento do patrimônio líquido do Badesul, que alcançou R$ 737 milhões – ante a R$ 708,8 milhões em 2018, aumento de 4%.

Em 2019, destacou a presidente, o Badesul voltou a apresentar melhoria na atuação operacional precípua, que é a de promover crédito de longo prazo aos investimentos e aos investidores na economia gaúcha.

Foram desembolsados, ao longo do ano, R$ 332 milhões, valor destinado ao financiamento de projetos voltados ao desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Sul, o que representa um acréscimo de 54,4% em relação aos R$ 215 milhões liberados no período anterior. O saldo atual de operações ativas do Badesul é de R$ 2 bilhões.

“Temos muito orgulho do papel essencial desempenhado pelo Badesul no crédito ao desenvolvimento gaúcho, em especial ao agronegócio e aos investimentos públicos feitos pelas prefeituras, além do apoio à sustentação e à expansão da estrutura empresarial em geral”, destacou Jeanette.

Para estes setores, a agência de fomento aprovou R$ 148,6 milhões em operações de municípios, R$ 139,5 milhões a empresas e R$ 127,9 milhões ao agro.

Texto: Vanessa Kannenberg
Edição: Marcelo Flach/Secom

Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

Com a estreia do segundo turno do Gauchão batendo à porta, o Grêmio segue os trabalhos para iniciar a busca pela vaga à decisão do campeonato. O primeiro passo é contra o Juventude, em jogo antecipado para as 11 da manhã de sábado, e nesta quarta-feira o técnico Renato Portaluppi comandou o primeiro treinamento ténico da semana. 

A atividade teve portões abertos à imprensa e foi possível observar as participações do zagueiro Pedro Geromel e do meia Jean Pyerre, cada vez mais próximos de retornar aos gramados. O defensor, submetido a artroscopia no último mês, pode até aparecer na equipe, cuja definição será nos treinos de quinta e sexta-feira. Quem não foi a campo foi o zagueiro Kannemann, que recupera-se de procedimento no pé. Os demais atletas participaram normalmente da atividade, composta por três times. 

Por conta da antecipação do jogo para a manhã do dia 29, o grupo gremista já inicia concentração após o treinamento desta quinta. Dessa maneira, os jogadores têm a estrutura necesária para a melhor adaptação ao horário do jogo, ajustando o sono e a alimentação. Já no domingo os atletas embarcam para Cali, onde o Grêmio estreia na Conmebol Libertadores, no dia 03, contra o América. O quarto integrante do grupo do tricampeão sairá nesta noite.

O atacante Alisson concedeu entrevista coletiva depois do treino desta quarta-feira e já projetou os próximos dois compromissos, por Gauchão e Libertadores. Abaixo a íntegra da entrevista.

Fotos: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Ministro da Política da Juventude e do Esporte da Itália, Vincenzo Spadafora, afirmou nesta terça (25) que permitiu a realização, com portões fechados (sem público), de alguns jogos da 26ª rodada da Série A (Primeira Divisão) do Campeonato Italiano no próximo final de semana como forma de impedir o avanço do Coronavírus no país.

Em entrevista à emissora italiana TG2 Spadafora declarou: “Vamos proibir eventos esportivos na Lombardia, Veneto e Piemonte, além de Friuli-Venezia Giulia, Ligúria e Emilia Romagna. A proibição vai até o próximo domingo [1º de março]. De forma a atender os pedidos do mundo do esporte, e sem prejudicar a proibição de realização de eventos esportivos em seis regiões do norte da Itália, permitimos a realização de alguns jogos com portões fechados”.

O ministro apresenta esta posição um dia após o presidente da Federação de Futebol de Itália, Gabriele Gravina, pedir ao Governo que partidas da primeira divisão programadas para a região norte da Itália sejam realizadas com portões fechados.

Desta forma, cinco dos dez jogos da próxima rodada do Campeonato Italiano acontecerão sem torcida, com destaque para o clássico entre Juventus e Inter de Milão, em Turim. As outras partidas são: Milan x Genoa, Parma x Spal, Udinese x Fiorentina e Sassuolo x Brescia.

Liga Europa sem torcida

Antes mesmo da declaração do Ministro da Política da Juventude e do Esporte da Itália, a Inter de Milão já havia anunciado que o jogo contra o Ludogorets (Bulgária), que acontece na próxima quinta (27) no estádio Giuseppe Meazza (Milão) e que é válido pela segunda fase da Liga Europa, será com portões fechados.

Coronavírus leva a cancelamento de evento

Também por conta do avanço do Coronavírus, o Comitê Paralímpico local e os organizadores da etapa de Lignano Sabbiadoro do World Para Swim Series (circuito mundial de natação paralímpica) já haviam cancelado o evento que aconteceria entre 27 de fevereiro e 1º de março na Friuli-Venezia Giulia, uma das 20 regiões administrativas da Itália (justamente no norte do país, local com maior número de casos de Coronavírus).

Edição: Verônica Dalcanal

Por Fábio Lisboa - Jornalista da TV Brasil - Rio de Janeiro

As Seleções Brasileiras Principal e Olímpica já têm data para suas próximas convocações: dia 6 de março, no auditório da sede da CBF, no Rio de Janeiro. Como de costume, o técnico Tite será o primeiro a divulgar sua lista, às 11h, com entrevista coletiva na sequência. Logo depois, André Jardine revela seus nomes, também seguido de coletiva de imprensa.

A convocação do técnico Tite será para o início das Eliminatórias da Copa do Mundo 2022. O Brasil inicia caminhada rumo ao Mundial diante da Bolívia, em Pernambuco, no dia 27 de março. Logo depois, no dia 31, a equipe enfrenta o Peru, em Lima, no Estádio Nacional. 

Por sua vez, a Seleção Olímpica retoma sua preparação para os Jogos de Tóquio 2020. Depois de garantir sua vaga nas Olimpíadas em competição disputada na Colômbia, em janeiro, os comandados de André Jardine serão convocados para mais uma Data FIFA, a exemplo do que vinha ocorrendo em 2019. Local desse período de preparação e adversários serão divulgados em breve. 

Profissionais de imprensa interessados em cobrir a convocação dupla devem se credenciar diretamente na sede da CBF, no dia do evento. Os portões estarão abertos entre 9h30 e 10h45. 

Fonte: https://www.cbf.com.br/

Foto: Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Há 75 anos, o país perdia um de seus maiores escritores e críticos. Morria em São Paulo, no dia 25 de fevereiro de 1945, uma de nossas personalidades mais multifacetadas, que se definiu como “eu sou trezentos, trezentos e cinquenta”: o poeta, escritor, pesquisador, músico, folclorista, crítico de arte e primeiro gestor cultural do Brasil, Mário de Andrade.

“Quando eu morrer quero ficar, não contem aos meus inimigos, sepultado em minha cidade”, escrevera o poeta, que viveu, cresceu, produziu, morreu e foi sepultado em São Paulo.

Seu livro mais conhecido é Macunaíma, mas ele escreveu também Pauliceia Desvairada; Amar, Verbo Intransitivo; Ensaios sobre a Música Brasileira e Lira Paulistana
Seu livro mais conhecido é Macunaíma, mas ele escreveu também Pauliceia Desvairada; Amar, Verbo Intransitivo; Ensaios sobre a Música Brasileira e Lira Paulistana - André Hoff: Casa Mário de Andrade

Mário Raul de Morais Andrade nasceu na cidade de São Paulo em 1893, onde faleceu em 1945. Na infância estudou música, o que o levou a lecionar aulas particulares de piano. Também foi professor de história da música no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo.

Sua carreira literária teve início em 1917, com a publicação do livro Há uma Gota de Sangue em Cada Poema. Em 1922, com a publicação de Pauliceia Desvairada, ele colocou em prática seu projeto de renovação do país.

Além de sua carreira na música e na literatura, Mario de Andrade também dirigiu o Departamento de Cultura da Municipalidade Paulistana, mais tarde Secretaria Municipal da Cultura. Nesse departamento surgiu a ideia de criar uma biblioteca que servisse como depositária de toda a história cultural da cidade. Em 1960, essa biblioteca municipal paulistana, a segunda maior do país, recebeu o nome de Mário de Andrade.

Ele foi também um dos principais idealizadores do movimento modernista e da Semana de Arte Moderna, realizada em 1922. Seu livro mais conhecido é Macunaíma, mas ele escreveu também Amar, Verbo IntransitivoEnsaios sobre a Música Brasileira e Lira Paulistana.

“Parece assombroso uma pessoa ter produzido tanto quanto o Mário de Andrade. E em várias áreas. Ele tinha tempo para ser professor de piano, receber amigos, escrever cartas o tempo todo, de produzir romances e poesias, de gerir um departamento de cultura. É um exemplo para todas as gerações”, disse Marcelo Tápia, diretor geral da Rede de Museus-Casas Literários, em entrevista à Agência Brasil.

 Na infância estudou música, o que o levou a lecionar aulas particulares de piano
Na infância estudou música, o que o levou a lecionar aulas particulares de piano - André Hoff: Casa Mário de Andrade

Centenário da Casa Mário de Andrade

A casa onde ele viveu boa parte da vida, na Rua Lopes Chaves, na região da Barra Funda, é hoje um museu e este ano celebra 100 anos de sua construção. Foi nesta mesma casa, que ele definia como Morada do Coração Perdido e agora chamada de Casa Mário de Andrade, que ele morreu de enfarte, aos 51 anos.

Era nesse local que recebia os amigos, artistas e intelectuais, com quem criou a Semana de Arte Moderna; e onde dava aulas de piano. Foi nessa casa também que deixou viva a sua memória. “Saí desta morada que se chama o coração perdido e de repente não existi mais”, escreveu o poeta, certa vez. Nesse lugar ele viveu de 1921, um ano após ser construída, até 1945, quando morreu.

“Esse é um espaço de memória”, contou Marcelo Tápia, falando sobre a casa-museu. “Aqui é também um espaço de resistência porque se reporta a um tempo diverso e é ligado a um personagem que ajudou a fazer a história de São Paulo em vários aspectos, não só como escritor, mas também como professor de piano, como pesquisador da cultura popular e como primeiro diretor do Departamento Municipal de Cultura, o que seria hoje uma Secretaria de Cultura, com a preocupação de preservação do patrimônio e da memória”, disse ele.

“A mãe do Mário vendeu a casa que eles tinham lá no Largo do Paissandu e comprou esse conjunto de sobrados, projeto do famoso arquiteto Oscar Americano. Ela comprou esta casa [onde hoje é a Casa Mário de Andrade) para que morasse junto com uma irmã, a tia e uma filha. A segunda casa era para um irmão do Mário e a terceira seria para o Mário, quando ele se casasse. Como nunca se casou, ele permaneceu morando com a mãe aqui [na Casa Mário de Andrade]”, disse Marcelo Tápia.

Sua carreira literária teve início em 1917, com a publicação do livro Há uma Gota de Sangue em Cada Poema
Sua carreira literária teve início em 1917, com a publicação do livro Há uma Gota de Sangue em Cada Poema, por André Hoff: Casa Mário de Andrade

A casa guarda hoje apenas alguns objetos da época, pois boa parte do seu acervo foi levada para o Instituto de Estudos Brasileiros (IEB), da Universidade de São Paulo (USP). Um dos objetos que permanece no local é o piano em que dava aulas, além dos armários que projetou e mandou executar no Liceu de Artes e Ofícios. “Ele trouxe uma inovação à história do mobiliário brasileiro, com móveis feitos sob medida e com vidros para proteger os livros”, contou Tápia.

Para comemorar o centenário de construção dessa casa, o museu prepara, para meados deste ano, uma exposição da história sobre o uso da casa pela família de Mário de Andrade e, também, centro de estudos, teatro-escola, oficina cultural e, mais tarde, museu.

Edição: Aécio Amado

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil - São Paulo

Em busca de vaga na fase de grupos da Libertadores, o Clube do Povo enfrenta, a partir das 21h30 da próxima quarta-feira (26/02), o Deportes Tolima, em confronto que encerra a terceira fase preliminar dao torneio continental. Após empate sem gols na partida de ida, disputada no último dia 19, o Inter volta todas suas atenções para o duelo decisivo, que terá o Beira-Rio como sede. A preparação para a partida será iniciada neste sábado (22/02), com treino no turno da manhã, e continuada ao longo de todo o Carnaval.

Recheado de trabalhos, o final de semana servirá para os atletas se recuperarem da recente maratona de nove partidas disputadas em 28 dias. Além disso, o período de atividades será de grande valia para o técnico Eduardo Coudet ajustar detalhes e encaminhar a equipe que entrará em campo para o duelo diante dos colombianos. Até o momento, o argentino, anunciado como comandante colorado no último mês de dezembro, soma cinco triunfos no comando do Clube do Povo.

 

No Beira-Rio, para garantir vaga no Grupo E o Inter jogará por triunfo de qualquer escore. Até o momento, a chave já conta com América de Cali-COL, Grêmio e Universidad Católica. Em busca da vitória, o Clube do Povo conta com o ímpar apoio de sua torcida, a Maior e Melhor do Rio Grande, já fundamental na eliminatória continental anterior, quando mais de 41 mil pessoas lotaram o Gigante e empurraram o Colorado rumo à classificação. A partida de quarta-feira já conta com serviço de jogo aberto, com direito a Check-In liberado, enquanto a comercialização de entradas, para sócios e sócias, será iniciada nesta sexta-feira (21/02). Clique aqui para mais informações e garanta sua presença. Vamos juntos. Vamo, Inter!

Fonte: https://www.internacional.com.br/

Página 1 de 403
Topo