Gisnei

Gisnei

A etapa antecipada da vacinação contra a febre aftosa se iniciou nesta segunda-feira (16) em todo o Rio Grande do Sul. Todo o rebanho bovino e bubalino gaúcho, estimado em 12,6 milhões de cabeças deve ser imunizado até o próximo dia 14 de abril. 
 
Mais de 600 casas agropecuárias estão cadastradas para vender a vacina. A lista completa e mais informações estão no site da Secretaria da Agricultura (agricultura.rs.gov.br/aftosa). “Há disponibilidade de doses para todo o rebanho, entretanto recomendamos aos produtores que não deixem tudo para a última hora, buscando imunizar os animais logo na primeira quinzena da etapa”, explica o coordenador do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção de Febre Aftosa no estado, Fernando Groff.

Ainda não há novas recomendações acerca dos cuidados com o novo coronavírus para as atividades no campo, exceto evitar aglomerações e realizar a higienização das mãos e não compartilhar equipamentos de uso pessoal, como o chimarrão.
 
As autoridades sanitárias reiteram que não há o contágio de humanos para animais. “Com o avanço da pandemia, é preciso estar atento às recomendações para conter o contágio (mais informações em saude.rs.gov.br/coronavirus), destaca o presidente do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do Rio Grande do Sul, Rogério Kerber, e manter os cuidados sanitários relacionados aos animais.

Thais D'Avila
(51) 99322- 7144
Foto: EBC

As Gurias Gremistas entraram em campo na tarde deste domingo, 15, com portões fechados, no Vieirão, em Gravataí, para enfrentar o Vitória, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A1. A partida foi fechada para a torcida, por medidas de prevenção de contágio do Covid-19. Com um time com algumas modificações, o Tricolor venceu a equipe baiana pelo placar de 2 a 0, somando mais três pontos na competição.

Para o duelo, a técnica Patrícia Gusmão apostou na formação 4-4-2, colocando em campo Raíssa, Isa, Bruna Flôr, Ana Alice e Rebeca; Jissele, Sinara, Pri Back e Eudimilla; Ju Oliveira e Karol Lins.

As gurias foram superiores na primeira etapa, mantendo maior posse de bola e chegando por mais vezes ao ataque. Logo aos 2 minutos, o Tricolor criou uma boa chance com uma jogada pelo meio, onde Pri Back acionou Karol Lins, que abriu para Eudimilla mais à esquerda. A atacante finalizou de primeira, mas a bola passou por sobre a meta. Outra chance no ataque surgiu aos 12’, quando Eudimilla lançou Karol Lins, que recebeu e invadiu a área, mas a centroavante foi flagrada em posição de impedimento e a jogada anulada.

Buscando abrir o placar, aos 14’, o Grêmio teve um escanteio a favor. Pri Back cruzou na área, mas a defesa cortou. Já a primeira finalização a gol do Vitória surgiu aos 18 minutos, com um chute de longa distância de Ana Beatriz - a zaga gremista desviou e interceptou o lance.

O Grêmio então respondeu com Jissele, acionada no meio. Da intermediária, a camisa 8 arrematou a gol, mas a bola subiu demais. Logo em seguida, em novo escanteio, Eudimilla colocou no primeiro poste, mas novamente a zaga baiana cortou. Aos 26 minutos , em uma cobrança de falta, Pri Back acertou a trave direita da meta defendida pela goleira Jessica e, por detalhe, não marcou.

O Grêmio buscou atacar também pelos lados. Aos 29’, Karol Lins foi acionada na meia esquerda, cruzou na área, a defesa cortou parcialmente e a bola sobrou para Jissele, que mais uma vez finalizou, só que por cima. Passados 30 minutos, o Vitória ameaçou com uma cobrança de falta da intermediária. Bárbara cobrou e mandou direto, em curva, à direita do gol de Raíssa. 

Aos 38’, Karol Lins deu um passe em profundidade para Eudimilla pela esquerda. A meia invadiu a área, foi a linha de fundo e cruzou na cabeça de Jissele, que desviou, mas pra fora. Em nova oporunidade, Isa saiu em velocidade e rolou para Eudimilla já invadindo a área. A camisa 11 chutou, mas a arqueira adversária fez uma boa defesa, espalmando para o escanteio. No minuto seguinte, foi a vez de Isa finalizar de cabeça e por detalhe não marcar - a bola tirou tinta da trave esquerda. 

O segundo tempo começou novamente com o Grêmio superior, apesar da partida ser muito disputada. Em uma das primeiras oportunidades, Karol Lins desceu pela direita e cruzou para Ana Alice que apareceu na área para desviar de cabeça, mas parou na goleira, que fez a defesa. Já o Vitoria chegou com muito perigo aos 8’, com um chute forte da Samira, mandando por sobre a meta. Dois minutos depois, a camisa 11 ameaçou mais uma vez e Raissa defendeu.

A técnica Patrícia Gusmão providenciou sua primeira alteração aos 11’, colocando Carlinha no lugar de Jissele. E foram três depois que o Grêmio conseguiu chegar a frente no marcador. Pri Back cobrou uma falta da extrema direita, colocando na área. A goleiro tentou a defesa, mas a bola escapou e a defensora Carol acabou marcando contra.

Passados 20’, após uma cobrança de escanteio, Ju Oliveira e uma atleta do time baiano, Alecxandra, dividiram uma bola - a jogadora do Vitória necessitou de atendimento e foi levada ao hospital. Devido a necessidade e a regra de haver uma ambulância no estádio durante todo o jogo, a partida ficou paralisada por cerca de 40 minutos, até que o veículo estivesse novamente à disposição.

Voltando aos minutos restantes, tanto o Vitória como o Grêmio tiveram duas atletas expulsas pelo segundo amarelo: Taíssa e Bruna Flôr, respectivamente.

Buscando ampliar o placar, aos 33’, Karol Lins criou uma nova oportunidade, descendo pela esquerda e fazendo um cruzamento, mas a goleira Jessica defendeu e, em seguida, sofreu falta de ataque. 

A técnica Patrícia promoveu suas últimas duas substituições, com as saídas de Karol Lins e Sinara, para a entrada de Yasmin e Mayara.

O segundo gol veio nos acréscimos, aos 47’, quando Carlinha recebeu na esquerda e ampliou o marcador, estufando as redes.

Final de jogo: Grêmio 2x0 Vitória.

Devido a determinação da CBF, em que anuncia a paralização dos campeonatos que estão em andamento, como uma das medidas de prevenção do COVID-19, ainda não há data para o próximo confronto do Grêmio, que será contra o Cruzeiro, pela 6ª rodada.

Até o momento, o Tricolor soma 5 jogos, com três vitórias e duas derrotas na competição, chegando a 9 pontos.


Fotos: Fernando Alves | Grêmio FBPA

O Ministério da Educação (MEC) vai divulgar nesta semana uma portaria que autoriza a substituição, por 30 dias, de aulas presenciais pela modalidade a distância. “A ação tem caráter excepcional e valerá enquanto durar a situação de emergência de saúde pública por conta do coronavírus. A adesão por parte das instituições é voluntária.”

A medida foi divulgada após a primeira reunião do Comitê Operativo de Emergência (COE) nesta segunda-feira (16). Criado na semana passada, o comitê tem a finalidade de definir medidas de combate à disseminação do novo coronavírus em instituições de ensino, seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde. Compõem o grupo: secretarias do MEC; Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh); Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep); Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed); dentre outros. 

O comitê vai monitorar o repasse de recursos para as escolas de educação básica reforçarem medidas de prevenção contra o coronavírus. Também está em fase de desenvolvimento uma plataforma de monitoramento do coronavírus nas instituições de ensino. 

Segundo o ministério, nos próximos dias, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) vai liberar R$ 450 milhões a escolas públicas. O valor é referente à antecipação do repasse das duas parcelas do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Básico, com previsão inicial para abril e setembro. “A medida é importante para auxiliar as instituições na compra de álcool em gel, sabonete líquido, toalhas de papel e outros produtos de higiene, por exemplo”, esclarece a nota.

 “Para acompanhar a situação nas unidades de educação básica, profissional e tecnológica e superior, o MEC criou um sistema online que permite a integração de dados sobre o coronavírus. A ferramenta reunirá informações dos censos Escolar (educação básica) e da Educação Superior, além do número de pessoas infectadas e as instituições com aulas suspensas. O objetivo é monitorar em tempo real as redes federal, estaduais e municipais para saber onde e como o governo – em conjunto com os outros entes federativos, entidades representativas e as próprias instituições – deve agir”, diz nota do MEC.

Edição: Aline Leal

Por Agência Brasil - Brasília

Apesar de uma ação coordenada dos principais bancos centrais do mundo para injetar dinheiro e estimular a economia mundial, os mercados financeiros globais tiveram mais um dia de nervosismo. A bolsa de valores caiu quase 14% e voltou aos níveis de julho de 2008. O dólar fechou acima de R$ 5 pela primeira vez na história.

O índice Ibovespa, da B3, a Bolsa de Valores brasileira, fechou esta segunda-feira (16) aos 71.168 pontos, com queda de 13,92%. Pela quinta vez em oito dias, a bolsa acionou o circuit breaker, mecanismo que suspende as negociações quando o índice cai mais de 10%. Das 10h24 às 11h02, a B3 ficou paralisada, mas o Ibovespa continuou a cair após a retomada da sessão.

O dólar comercial encerrou a segunda-feira vendido a R$ 5,047, com alta de R$ 0,234 (+4,86%), na maior cotação nominal desde a criação do real. A divisa subiu durante toda a sessão, mas superou a barreira de R$ 5 por volta das 15h30, até fechar próxima da máxima do dia.

A divisa acumula alta de 25,77% em 2020. Ao contrário dos últimos dias, o Banco Central (BC) não interveio no câmbio. A autoridade monetária não vendeu dólares das reservas internacionais nem contratos de swap (venda de dólares no mercado futuro).

O pacote de estímulos dos principais bancos centrais do mundo, que diminuíram juros e injetaram dinheiro nos mercados globais, não conteve as tensões. Os investidores interpretaram a medida como sinal de que a recessão mundial provocada pelo coronavírus será maior que o inicialmente previsto. O Federal Reserve (Fed), Banco Central norte-americano, diminuiu para zero os juros da maior economia do planeta e injetou US$ 700 bilhões.

Petróleo

A intensificação da guerra de preços do petróleo entre Arábia Saudita e Rússia também contribuiu para abalar o mercado. Ontem (15) à noite, o governo saudita anunciou que aumentará ainda mais a produção de petróleo, inclusive alugando navios petroleiros para ficarem estacionados na costa do país.

A decisão derrubou o preço do barril do tipo Brent para abaixo de US$ 30 pela primeira vez desde 2003. As ações da Petrobras, as mais negociadas na bolsa, desabaram. Os papéis ordinários (com direito a voto em assembleia de acionistas) caíram 17,21% nesta segunda. Os papéis preferenciais (com preferência na distribuição de dividendos) recuaram 15%.

Edição: Aline Leal

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil - Brasília

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (16), o secretário de Saúde, Sergio Aragon buscou tranquilizar a população em relação ao coronavírus (COVID-19). Até o momento, Sant’Ana do Livramento encontra-se na fase 1, voltada a prevenção da doença, sem nenhum registro de caso suspeito.
 
“Pedimos tranquilidade para a comunidade e que, em casos suspeitos liguem para o plantão de atendimento da Vigilância Epidemiológica”, frisou o Secretário. De acordo com Aragon, o Município está preparado para enfrentar a doença, com uma equipe de plantão para o atendimento dos casos.
 
Além do Secretário, reuniram-se com a imprensa, a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Gabriela Formoso e os diretores da Santa Casa de Misericórdia, Valmir Silveira e Juan Marcos Mira, além da enfermeira Liana Garcia.
Na Santa Casa de Misericórdia, algumas medidas foram tomadas como a limitação de visitas, reduzidas para uma visita diária na UTI e um acompanhante nos quartos. 
Além disso, o Hospital já preparou leitos específicos para os atendimentos de casos confirmados que necessitem isolamento hospitalar. Contudo, recomenda-se que em casos suspeitos, as pessoas não se dirijam ao Hospital, evitando assim a proliferação do vírus. Devem se dirigir ao hospital, apenas pessoas que estejam com falta de ar.
 
A recomendação é que as pessoas não saíam de casa em caso de sintomas de gripe, e que não esqueçam de medidas como lavar as mãos constantemente, evitar aglomerações e contato físico e utilizem o álcool gel. “É necessário consciência, atenção e obediência às recomendações”, destacou o diretor técnico da Santa Casa, Dr. Juan Marcos.
 
Nesta terça-feira (17), uma reunião junto a Intendência de Rivera deverá definir um acordo binacional de medidas, já que o Uruguai também tem casos confirmados.

Dia de Inter! O Clube do Povo enfrenta, a partir das 19h deste domingo (15/03), o São José-POA, em confronto da terceira rodada do returno do Gauchão. Fora de casa, a partida será realizada no Estádio Francisco Noveletto, popular Passo D'Areia, com portões fechados. Para ficar por dentro de tudo sobre o duelo confira, abaixo, o mais completo e vermelho Raio-X da internet!


O Inter

A preparação colorada para o duelo diante da equipe da zona norte de Porto Alegre foi encerrada na tarde deste sábado (14/03), no CT Parque Gigante. Comandante alvirrubro, Eduardo Coudet optou pela privacidade para realizar o último treino antes do confronto, fechando a atividade que encaminhou a escalação que entrará em campo para manter a ponta no Gauchão. No momento, o Inter é líder do Grupo A com quatro pontos conquistados em duas partidas disputadas.

 

O adversário

O São José exibe 100% de aproveitamento no returno do Gauchão, tendo vencido as duas partidas que disputou nesta fase do Estadual. Na primeira rodada o 'Zequinha' superou, em seus domínios, o Ypiranga, triunfo por 1 a 0, gol de Thayllon. Na sequência a equipe bateu o Juventude, em Caxias, também pelo escore mínimo. Realizada no sábado retrasado (07/03), a jornada contra o Papo teve em Luiz Eduardo seu artilheiro solitário. Por fim, na última vez que foi a campo a equipe foi derrotada pelo Atlético Goianiense.

São José foi derrotado na partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Foto: Twitter São José

Duelo da terceira fase da Copa do Brasil, a partida contra os goianos foi disputada na última quarta-feira (11/03), em Goiania, e teve o 2 a 0 para os locais como placar final. Na ocasião, o técnico Everton Vanoni escalou Fábio; Márcio Lima, depois Lissandro, Rafael Goiano, Marcão e Marcelo; Diguinho, Tiago Pedra, depois Crystopher, e Rafael Tavares; Gustavo Xuxa, Thayllon e Matheusinho, depois Luiz Eduardo.

Após empatar na abertura do returno por 1 a 1 com o Caxias, fora de casa, o Clube do Povo superou, no último domingo (08/03), o Brasil de Pelotas, em partida realizada no Beira-Rio e que contou com dois tentos de Patrick, único goleador da ocasião. Com o resultado, o Inter foi a quatro pontos e assumiu a liderança isolada do Grupo A da competição, somando um a mais do que o Novo Hamburgo, vice-líder, que neste domingo (15/03) sobe a Serra para enfrentar o Grená. Em caso de vitória sobre o São José, o Colorado seguirá na ponta do chaveamento independente de resultados paralelos.

 

Portões fechados

Por determinação da Federação Gaúcha de Futebol, o duelo entre Colorado e São José será disputado com portões fechados. A decisão atende às orientações divulgadas pelo governo do Estado em relação ao risco de contágio do coronavírus. O Internacional, vale destacar, tem seguido as orientações dos órgãos de saúde competentes no que envolve a prevenção à pandemia, fato comprovado na série de ações preventivas já adotadas pelo Clube. Clique aqui para saber mais sobre elas.

 

 

Na manhã deste sábado, o plantel gremista realizou o último treinamento antes do duelo diante do São Luiz de Ijuí, válido pela terceira rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho. O Tricolor é o líder isolado do grupo com 100% de aproveitamento.

A partida será realizada às 11h deste domingo,na Arena, com os portões fechados, conforme determinação da Federação Gaúcha de Futebol tendo em vista o surto do Corona Vírus.

A imprensa teve acesso apenas ao aquecimento dos atletas e não foi dado nenhum indicativo de qual equipe será colocada em campo. Também não houve entrevista coletiva.

Grêmio e São Luiz terá transmissão da Grêmio Rádio Umbro a partir das 10h pela 90.3 FM e demais plataformas oficiais do Clube.

Fotos: Lucas Uebel

Na manhã deste sábado, o plantel gremista realizou o último treinamento antes do duelo diante do São Luiz de Ijuí, válido pela terceira rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho. O Tricolor é o líder isolado do grupo com 100% de aproveitamento.

A partida será realizada às 11h deste domingo,na Arena, com os portões fechados, conforme determinação da Federação Gaúcha de Futebol tendo em vista o surto do Corona Vírus.

A imprensa teve acesso apenas ao aquecimento dos atletas e não foi dado nenhum indicativo de qual equipe será colocada em campo. Também não houve entrevista coletiva.

Grêmio e São Luiz terá transmissão da Grêmio Rádio Umbro a partir das 10h pela 90.3 FM e demais plataformas oficiais do Clube.

Fotos: Lucas Uebel

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Bruno Dantas acatou nessa sexta-feira (13) à noite um pedido de medida cautelar do Ministério da Economia e suspendeu a ampliação do Benefício de Prestação Continuada (BPC), aprovada pelo Congresso nesta semana. O plenário do órgão deverá ratificar a decisão nas próximas sessões.

No despacho, Dantas reiterou que um acórdão do TCU de agosto do ano passado veda a execução de qualquer gasto extra sem que se aponte uma fonte alternativa de recursos, como aumento de tributos ou remanejamento de despesas. A Lei de Responsabilidade Fiscal aponta que todo gasto deve ter uma fonte específica de recursos.

Na quarta-feira (11), o Congresso derrubou o veto do presidente Jair Bolsonaro a um projeto de lei do Senado que dobra a renda per capita familiar para ter acesso ao BPC. O valor máximo passou de um quarto de salário mínimo (R$ 261,25 em valores atuais) por membro da família para meio salário (R$ 522,50). A medida teria impacto de R$ 20 bilhões no Orçamento da União deste ano. Em dez anos, a despesa extra chegaria R$ 217 bilhões, o que equivaleria a mais de um quarto da economia de R$ 800,3 bilhões com a reforma da Previdência no mesmo período.

Com a decisão do TCU, a ampliação do BPC fica na prática suspensa até que haja fonte de recursos. “O aumento dos gastos decorrentes da lei em questão fica condicionado à implementação das medidas exigidas pela legislação. Na prática, caberá ao Poder Executivo adotar as providências a seu cargo, como as medidas de compensação previstas na legislação, o que pode se dar ao longo do ano, de forma paulatina”, escreveu o ministro no despacho.

Segundo Dantas, não cabe ao TCU manifestar-se sobre a constitucionalidade do projeto de lei aprovado pelo Congresso. Ele argumentou que a função do tribunal consiste em controlar a regularidade da execução da despesa e assegurar que o gestor público aja conforme as normas.

Na representação enviada ao TCU, o Ministério da Economia explicou que o veto presidencial à ampliação do BPC foi necessário para evitar iminente lesão às contas públicas. “Observa-se que a alteração legal em vias de se concretizar tem potencial de implicar elevado aumento dos gastos com benefício assistencial sem que os requisitos orçamentários e fiscais previstos no ordenamento vigente tenham sido devidamente atendidos”, justificou a pasta.

Edição: Aécio Amado

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília - Brasília

Filas grandes, desconfortáveis, poucos atendentes disponíveis e urgência para solicitar um serviço público. Vários idosos já passaram por essa situação. Mesmo com atendimento prioritário, alguns serviços públicos não são tão eficientes quanto a internet. Para facilitar e agilizar o atendimento à população com mais de 60 anos, o governo federal  ampliou a rede de atendimento de alguns serviços essenciais - solicitação de aposentadoria, perícia do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), atualização de dados cadastrais, solicitação de pensão por morte, entre outros - para a web

idosos_tecnologia
Idosos têm que se adaptar cada vez mais com o mundo tecnológico - Reprodução TV Brasil

Para homens ou mulheres que contribuíram durante o período mínimo - 35 e 30 anos, respectivamente - exigido pelo INSS, a solicitação de aposentadoria pode ser facilmente preenchida na nova plataforma. "Buscamos a transformação digital dos serviços públicos e a oferta em canais digitais simples e unificados. O cidadão, em especial o de mais idade, pode agora acessar o portal Gov.br e realizar diversos serviços sem sair de casa. Isso é bom para todos, ainda mais em um momento delicado para a saúde dessas pessoas", ressalta o secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro.

De acordo com os números apresentados no portal Gov.br, 1.836 serviços estão disponíveis no site. O número representa 54% de todos os serviços oferecidos pelo governo. Destes, oito serviços apesentam mais de 500 mil solicitações anuais. Veja quais são os mais solicitados:

banner_inss_01

1 milhão de solicitações anuais

banner_inss_02a

1 milhão de solicitações anuais

banner_inss_03a

796 mil solicitações anuais

banner_inss_04a

729 mil solicitações anuais

banner_inss_05a

704 mil solicitações anuais

banner_inss_06a

585 mil solicitações anuais

banner_inss_07a

512 mil solicitações anuais

banner_inss_07a

500 mil solicitações anuais

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Por Agência Brasil - Brasília

Página 4 de 409
Topo