Prefeitura e Intendência discutem mais medidas unificadas na Fronteira

 As ações binacionais de enfrentamento ao coronavírus na Fronteira da Paz voltaram a ser discutidas neste domingo (24), em reunião na Dirección Departamental de Salud Pública de Rivera. A prefeita Mari Machado participou do encontro, que contou com a presença da intendente de Rivera, Alma Galup e do Cônsul Geral do Uruguai, Pablo Bayarres, e foi apresentado pela diretora geral de coordenação do Ministério de Saúde Pública do Uruguai, Dra. Karina Rando.
 
Propostas como um acordo unificado entre Livramento e Rivera, as ações definem medidas mais efetivas na cidade uruguaia, que contabilizou um aumento significativo de casos de COVID-19 neste fim de semana. A partir da experiência de Sant'Ana do Livramento, a vizinha Rivera busca a diminuição dos contágios e deverá discutir as medidas junto ao Governo Uruguaio. 
 
"Temos aqui um exemplo de forma de relacionamento internacional. Estamos nos apoiando constantemente", destacou a Intendente de Rivera. "O respaldo da intendência tem sido fundamental. Nosso comitê binacional poderia servir de exemplo para muitas cidades gêmeas", também frisou Mari, destacando o trabalho em conjunto das duas cidades.
 
A partir das discussões, o grupo definiu pela obrigatoriedade do uso da máscara também na cidade uruguaia, unificando a medida na Fronteira da Paz. Contudo, ainda serão definidas algumas normativas sobre o tema. Além disso, discutiu-se a necessidade de implantar um órgão de fiscalização do cumprimento das medidas, a exemplo do que já acontece em Livramento.
 
Outro ponto discutido foi a fiscalização na região da Fronteira. Do lado brasileiro, barreiras sanitárias deverão intensificar o controle de quem entra no país. Do mesmo modo, no lado uruguaio, o controle deverá ser redobrado, limitando alguns acessos ao município.
 
Com a unanimidade de opiniões sobre a importância do isolamento social neste momento, a campanha publicitária binacional #FronteiraFicaEmCasa deverá alertar aos fronteiriços sobre a necessidade de ficar em casa durante a pandemia, saindo apenas, para o essencial.
 
As medidas sanitárias que foram debatidas servirão de sugestão ao Presidente Lacalle Pol que deverá estar em Rivera nesta segunda-feira, 25 de maio. 
 
Também participaram do encontro, o secretário de Saúde, Sergio Aragon; a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Gabriela Formoso e a procuradora geral Carla Saraiva, além de representantes da Intendência Departamental de Rivera.
 
Foto: Assessoria de Comunicação Social || Fonte: Assessoria de Comunicação Social
 
Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo